O que fazer em Dublin
Trinity College Dublin - Foto: Matpib -  (Licença-Dominio publico)
Trinity College Dublin - Foto: Matpib - (Licença-Dominio publico)

Na interessante cidade de Dublin, existem inúmeros atrativos turísticos a serem explorados e dentre esses, selecionamos os quais consideramos como os mais importantes, além de interessantes:

214 metros de altura
Tem duração de apenas duas horas de carro do centro de Dublin, até as 'Falésias de Moher', uma das atrações naturais mais visitadas da Irlanda, as quais se estendem por aproximadamente oito quilômetros sobre o Oceano Atlântico e, em seu ponto mais alto, atingi em torno de 214 metros de altura. Do pico das falésias é possível avistar as 'Ilhas de Aron', a 'Baía de Galway', entre outros lugares fantásticos.

Máscara mortuária de Swift
Construída nos idos entre 1220 e 1260, não deixe de visitar a 'Catedral de São Patrício '. A belíssima igreja foi erguida ao lado do local, onde São Patrício batizava seus fiéis. Um lugar cheio de história, relíquias, como também, é onde repousam os restos mortais de várias personalidades irlandesas. Deão da igreja entre os anos de 1713 à 1745, Jonathan Swift, o autor de 'As Viagens de Gulliver', é um dos que estão enterrados na igreja, o qual, inclusive, é o que faz atrair muitos visitantes. Também é possível ver de perto, a máscara mortuária de Swift, bem como, um púlpito pertencente ao autor, que passou a ser utilizado pela catedral.

Coração espiritual de Dublin
Outra catedral, fundada no ano de 1028 e que você deve conhecer é a 'Catedral Igreja de Cristo'. Considerada como o 'coração espiritual' de Dublin, a igreja abriga em seu interior um conjunto de riquezas, como a famosa cripta medieval, que é a estrutura mais antiga da cidade.

Oásis em meio ao concreto
Inaugurado em 1795 pela Royal Dublin Society, criado objetivando colaborar com o estudo da agricultura, conheça o 'Jardim Botânico Nacional', um fantástico oásis em meio ao concreto. O belo jardim possui uma área de mais de 19 hectares, que abriga flora variada com mais de 15 mil espécies, algumas em extinção, bem como, de animais, belas fontes, estufas, um lago e muito ar puro.

Artefatos da arte céltica e medieval
Com um acervo composto de diversos objetos arqueológicos de 7000 a.C. até o século XX, como artefatos da arte céltica e medieval, como o valioso cálice Ardagh, é verdadeiramente impossível ír à Dublin e não visitar o 'Museu Nacional da Irlanda'. Há também no local, Na seção 'Kingship and Sacrifice' ,  uma composição de corpos incrivelmente embalsamados, enquanto que na 'Ireland’s Gold', pode-se ver bem de perto, uma das mais importantes coleções de ouro da Europa.

Conheça mais sobre Dublin
Destinos Europa
Publicidade