O que fazer em Zurique
Bachtel como visto a partir Laupen em Wald - Foto: Roland Zh (Licença-cc-by-sa-3.0)
Bachtel como visto a partir Laupen em Wald - Foto: Roland Zh (Licença-cc-by-sa-3.0)

Na bela e aconchegante cidade de Zurique, existem inúmeros atrativos turísticos a serem explorados e dentre esses, selecionamos os quais consideramos como os mais importantes, além de interessantes:

Pedalando em Zurique
Como uma boa forma para conhecer a pequena cidade, Zurique é cheia de ciclovias e é super bike friendly, além dos ciclistas serem muito respeitados em todas as vias da cidade. Para pedalar em áeras ao redor do lago e do rio Limmat, são perfeitamente ideais, em razão de serem planas e verdes! Há vários lugares para alugar bike na cidade, e há ainda aluguel grátis!

Caminhando pelo Centro Histórico
Faça uma boa caminhada pelo 'Centro histórico de Zurique' e conheça os principais monumentos à exemplo da Grossmünster, Fraumünster, Lindenhofplatz e St. Peter. Sugerimos uma visita ao Niederdorfstrasse e faça uma parada estratégica na cafeteria Schober, onde vendem um chocolate quente delicioso! O mais proveitoso é caminhar pelo centro histórico com alguém que conheça todas as histórias dos monumentos e curiosidades sobre a vida na cidade, onde nesse caso, vale muito a pena contratar um tour guiado em Português.

Navegando pelo Lago de Zurique
Não perca a oportunidade em fazer um maravilhoso passeio de barco pelo 'Lago de Zurique'. Como o barco é um transporte público na cidade, o custo costuma ser bem barato. Caso você possua o ticket de transporte público de Zurique, pagará a penas a extensão da zona. Já, caso venha a possuir o Swiss Pass, o barco é grátis. O cruzeiro tem uma duração de 1h30 saindo da Estação Bürkliplatz. Lá na estação há um guichê de vendas do bilhete e você poderá ecolher qual o trajeto.

Topo da montanha de trem
Embora Zurique não tenha grandes montanhas, existe uma mini ao lado da cidade, a 'Uetliberg', a qual poderá subir à pé, praticando a trilha, ou se desejar, embarcar num trem até o topo da montanha e de lá, ter o privilégio de contemplar uma vista panorâmica belíssima de toda a cidade, além de boa parte do 'Lago de Zurique'. Os trens partem a cada 20 minutos de Zurich Hauptbahnhof sentido Uetliberg. Para chegar no topo da montanha, se faz necessário comprar a extensão de zona.

Fugindo um pouco da cidade
Para quem deseja fugir um pouco da cidade, vale muito a pena explorar a região do 'Lago de Zurique' e as cidades um pouco mais distante do fervo. Como sugestão, siga para 'Rapperswil', uma das cidades medievais mais lindas e encantadas da região, localizada na outra extremidade do Lago de Zurique. Para chegar lá, existem duas opções que podem ser feito por trem, com duração exata de 40 minutos ou de barco com aproximadamente 2 horas de navegação. Impederdível qualquer uma das duas opções.

Vinhos, queijos e chocolates
Conheça também um dos bairros mais interessantes de Zurique, o 'Zuri West', antigo bairro industrial da cidade, o qual possui muita arquitetura moderna, composto por bares, restaurantes e lojinhas de arte, moda, design e decoração. No Arch B, um dos arcos do Viaduto, existe uma loja da Caritas, onde é possível encontrar várias pechinchas, além de ajudar a arrecadar fundos para causas sociais da igreja. No Viadukt, também existe uma espécie de “mercadão central” com ofertas de produtos frescos, vinhos, queijos, chocolates e alguns artesanatos de produção local.

Tesouros de culturas não europeias
Em Zurique existem alguns importantes museus, dos quais destacamos o 'Museu Migros de Arte Contemporânea', que desde a sua fundação em 1996, compreende-se como um local de reflexão e produção de arte. Das duas últimas décadas até hoje, o museu concentra-se em arte contemporânea de grandes mestres como, Maurizio Cattelan, Spartacus Chetwynd, Rachel Harrison, Tatiana Trouvé e Christoph Schlingensief. Tem também, o 'Museu Rietberg', o único museu de arte da Suíça, que expõe exclusivamente tesouros de culturas não europeias. Há tambem em Zurique, o 'Museu Nacional Suíço', o qual dedica-se à exposições da riqueza histórica e cultural da Suíça, além de apresentar uma imagem do que constitui-se a Suíça. Para quem deseja ver decorações de túmulos dos habitantes dos lagos, sugerimos uma visita à exposição permanente.

Conheça mais sobre Zurique
Destinos Europa
Publicidade