O que fazer em Napoles
Vista da Piazza dante de Napoles - Foto: Armando Mancini (Licença-cc-by-sa-2.0)
Vista da Piazza dante de Napoles - Foto: Armando Mancini (Licença-cc-by-sa-2.0)

Na charmosa cidade de Nápolis, existem inúmeros atrativos turísticos a serem explorados e dentre esses, selecionamos os quais consideramos como os mais importantes, além de interessantes

Escavações de Pompeia
A cidade de Nápolis possue alguns museus interessantes que devem ser visitados e entre eles destacamos o 'Museu arqueológico', o qual possui tesouros das escavações de Pompeia e Herculano, que mostram a vida do século I e uma coleção de esculturas em mármore. Já o 'Museu Capodimonte' tem um acervo composto de obras de mestres como Rafael, Ticiano, Caravaggio , El Greco, dentre outros famosos.

Outro museu, que fica localizado no ponto mais alto do bairro de Vomero, na Certosa di San Martino é o 'Museu Nacional de San Martino' e é dedicado aos presépios, contudo, em seus jardins, possui uma vista deslumbrante para a Baía de Nápoles e para o Vesúvio.

Atrativos interessantes
Outros atrativos interessantes em Napolis que podem ser visitados, destacamos a 'Cappella di San Severo', construída entre os anos de 1749 à 1751 pelo príncipe de Sansevero, para fins de abrigar os túmulos da família, a qual possui uma escultura de mármore do 'Cristo Velato', produzida por Giuseppe Sanmartino em 1753, representando 'Jesus Cristo' coberto com um sudário.

Mago da Idade Média
Já o 'Castel dell'Ovo' um outro atrativo, conforme a lenda, o nome refere-se a um ovo que Virgílio, um mago da Idade Média, o teria colocado em equilíbrio em seu subterrâneo. Mais interessante também é visitar a 'Igreja Duomo' que inclusive, promove uma grande festa no dia do santo padroeiro de Nápoles, 'San Gennaro', e atrai milhares de pessoas à cerimônia do milagre do sangue do santo.

Cenas mitológicas
Bom também para ser visitado em Nápolis, é o 'Monastero di Santa Chiara', construído pelo o rei Roberto d'Angiò e sua esposa, onde o seu principal atrativo é o claustro, belíssimo, completamente decorado com azulejos nas cores de azul, verde e amarelo, com paisagens campestres e cenas mitológicas.

A pedido do conde
Há tambem na cidade, construído como residência real no final do século 13 a pedido do conde Carlo I d'Angiò, o 'Maschio Angioino', que depois de sobreviver à incêndios, guerras e assédios, se transformou em um extaordinário museu, o qual apresenta várias exposições de diversas pinturas, esculturas e objetos de arte do castelo.

Conheça mais sobre Napoles
Destinos Europa
Publicidade