Rios

Rio Uruguai - Foto: Loivinho França
Rio Uruguai - Foto: Loivinho França

Principais Rios de Santa Catarina

Rio das Antas
É um rio brasileiro do oeste do estado de Santa Catarina. Nasce a 12 km da cidade de Dionísio Cerqueira e, após percorrer cerca de 60 km no sentido norte-sul, deságua no rio Uruguai, 2 km a montante da cidade de Mondaí. Integra a bacia hidrográfica do rio Uruguai.No rio das Antas será construída uma barragem que provocará inundação de uma área de 91 hectares e 10,5 quilômetros de extensão, formando um lago que banhará as divisas territoriais dos municípios de Flor do Sertão, Descanso, Romelândia e São Miguel do Oeste.

Rio Araranguá
É um rio brasileiro do sul do estado de Santa Catarina. Oficialmente o Rio nasce a partir da junção entre o Rio Mãe Luzia e Rio Itoupava, já no município de Araranguá, mas como todo rio deve ter uma nascente principal, a nascente principal do Rio Araranguá seria o Rio Itoupava. O problema é que o Rio Itoupava também é formado a partir da junção de dois rios. Os rios da Pedra e Pinheirinho entre os municípios de Turvo, Ermo e Jacinto Machado. A principal nascente do Rio Itoupava é o Rio da Pedra, que seria então a nascente mãe do rio araranguáh. Considerando a nascente do Rio da Pedra, o Rio Araranguá possui 36 Km de extensão.

O Rio Araranguá nasce com o nome de Rio da Pedra no Parque Nacional da Serra Geral no estado do Rio Grande do Sul. Nasce nos campos de cima da serra, mas ao invés de correr para o interior, como a maioria dos rios que nascem nesse local, ele corre em direção ao mar. Ele percorre cerca de 5Km e despenca na Cachoeira do Tigre Preto no Cânion Fortaleza, um dos maiores canions no Brasil. Um pouco antes da cachoeira o rio Araranguá entra no estado de Santa Catarina. Após a cachoeira e de percorrer mais de 8 Km de canion o rio passa de uma altitude de mais de 1000m para 250m.

O rio segue em direção à cidade de Jacinto Machado recebendo outros afluentes que desceram os canions da serra geral, como o Rio Pai José e Rio Engenho Velho. Nessa região o rio alcança a planície e as plantações de arroz são muito comuns, o que faz com que o rio perca o seu volume de água, as margens ficam comprometidas e a água poluída.

Rio Bonito
É o nome de dois rios do estado brasileiro de Santa Catarina. O primeiro é afluente do rio Timbó, correndo de sul para norte e tendo cerca de 32 km de extensão. O segundo é um afluente do rio Canoinhas, correndo também de sul para norte tendo cerca de 40 km de extensão e passando ao oeste da cidade de Major Vieira.

Rio Caraá
O rio Caraá ou rio Carahá é um rio brasileiro do estado de Santa Catarina. Ele drena as águas da cidade de Lages perpendicularmente. Nos períodos de chuva intensa, o rio acaba represando a água, o que provoca enchentes, que hoje já são fortemente controladas por investimentos nessa área. Paralelamente a ele existe uma avenida (Avenida Belizário Ramos), que ajuda em muito o fluir do trânsito da cidade.
O Carahá é o principal curso d'água da cidade, sendo que nele é desembocada toda a água das chuvas. É um afluente do rio Caveiras, que passa pelo perímetro da cidade, sem chegar a adentrar na área urbana.

Rio Cubatão do Sul
É um rio brasileiro do estado de Santa Catarina. Sua nascente fica nas encostas orientais das serras da Boa Vista e da Garganta (Águas Mornas). O rio Cubatão começa no encontro entre os rios do Salto e Novo. Desemboca na Baía Sul, em Palhoça. Sua localização precisa é 27°35'50 S e 48°38'24 W. A bacia banhada pelo rio tem área da 738 quilômetros quadrados, sendo que 342 quilômetros quadrados estão dentro do Parque Estadual da Serra do Tabuleiro, unidade de conservação ambiental. Na sua nascente, caracterizam rochas sedimentares pouco resistentes, enquanto na maior parte do seu curso existem rochas cristalinas mais antigas e bastante erodidas. Desse rio vem a água que abastece a maior parte dos municípios de Florianópolis, São José, Palhoça e Biguaçu.

No trecho em que passa na cidade de Santo Amaro da Imperatriz há corredeiras utilizadas para a prática do rafting. Os turistas percorrem três quilômetros e meio desde o Poço Azul do Salto até o início de Santo Amaro, durante uma hora e meia. As principais corredeiras são: Carrossel, Babilônia, Via Americana, Calcanhar da Imperatriz, Saco Grande, Corredeira do Saco, Corredeira do S, Surf do Caldeirão e a Corredeira Hide-Side.

Rio Jundiá
É um rio que banha o estado de Santa Catarina, no Brasil. Tem seu nome em vista da grande quantidade de jundiás, peixe de água doce encontrado em abundância neste. O rio passa pelas cidades de Turvo e Meleiro. Esta última tem uma comunidade com o nome em homenagem a este rio. O local é muito conhecido por ter a casa de eventos mais antiga e considerada a melhor da região, o Clube Floresta Rio Jundiá, que fica ao lado do rio.

Rio Negro
É um rio brasileiro da bacia hidrográfica do rio Paraná, que banha os estados do Paraná e de Santa Catarina, fazendo parte da divisa entre estes estados, por toda sua extensão. Nasce na Serra do Mar a menos de 20 quilômetros do Oceano Atlântico, mas corre de leste para oeste numa extensão de mais ou menos 300 quilômetros, recebendo como afluentes principais pela margem esquerda o rio Bateias, rio Preto, os dois rios chamados rio Negrinho, o rio São Bento, o rio da Lança entre outros. Pela sua margem direita recebe o Rio da Várzea , o rio Piên, o rio Passa Três. Próximo à cidade de Canoinhas, aflui o rio Canoinhas. Acaba por se unir ao rio Iguaçu.

Importante fonte de água para os municípios por onde passa, no passado foi navegável em boa parte de seu leito e era usado no transporte de erva mate. É fonte de areia para construção civil, sendo minerada nas vargens marginais assim como na própria calha do rio (nesta já não é tão frequente como foi no passado). Também é explorada a argila de suas margens para uso na industria cerâmica. Já foi personagem de grandes enchentes, destacando-se as dos anos de 1983 e 1992, quando chegou a atingir a marca de mais de 18 metros. O rio Negro, neste trecho, tem qualidade da água avaliada pelo Instituto Ambiental do Paraná - IAP como classe 02, ou seja, pode ser utilizada para o consumo desde que adequadamente tratada, tarefa essa de responsabilidade da Companhia de Saneamento do Paraná - Sanepar.

Rio Pelotas
É um rio brasileiro que faz a divisa natural entre os estados do Rio Grande do Sul e Santa Catarina. Nasce no Parque Nacional de São Joaquim na Serra Geral, no município de Bom Jardim da Serra, próximo às nascentes do rio Laranjeiras e do rio Lava-Tudo, a mais de mil metros de altura, correndo para sul-sudoeste até fazer parte da divisa dos municípios de Bom Jardim da Serra e São Joaquim. Ao chegar à divisa do estado de Santa Catarina com o Rio Grande do Sul depois de 130 km, passa a correr para o noroeste. Juntando-se com o rio Canoas, passa a formar o rio Uruguai.

 

VER MAIS 5 FOTOS
 Veja também
O estado de Santa Catarina é bem conhecido pelas suas belas praias. Mas não é só a água salgada que deslumbra os viajantes, existem maravilhosas cachoeiras em Santa Catarina, e elas estão espalhadas...Saiba mais
No litoral e no interior Catarinense, existem cascatas e cachoeiras de encher os olhos, florestas de Mata Atlântica, grutas e formações rochosas naturais surpreendentes, lagoas, dunas, rios e cânions. Além...Saiba mais
Ilha de Santa Catarina é ainda a maior ilha do arquipélago de mesmo nome, composto por ilhas menores vizinhas (num total de 47), algo comum a toda a costa do estado, formando um conjunto que é um dos...Saiba mais
Destinos Santa Catarina
Publicidade