História de São Bento do Sul
O Outono em São Bento do Sul - Foto: Herrstahlhoefer (Licença-Dominio publico)
O Outono em São Bento do Sul - Foto: Herrstahlhoefer (Licença-Dominio publico)

A história de São Bento do Sul está ligada à da Colônia Dona Francisca, empreendimento privado de colonização promovido pela Sociedade Colonizadora de 1849, em Hamburgo (Kolonisationsverein von 1849, Hamburg), organizada na cidade portuária homônima, na Alemanha. Da colônia Dona Francisca evoluiram algumas extensões, a primeira dessas localizada nas margens do Rio São Bento, que evoluiu mais tarde para o município de São Bento do Sul.

Os imigrantes que povoaram São Bento do Sul eram oriundos de localidades na Alemanha e Áustria. Os imigrantes alemães eram originários de localidades no Sul da Alemanha, com destaque para o grupo originário da Baviera. Os austríacos eram súditos do Império Austro-húngaro eram basicamente boêmios de língua alemã, oriundos da Boêmia (Böhmerwald - atual República Tcheca. Uma das figuras mais importantes na história da cidade é Carl August Wunderwald, pioneiro agrimensor da Sociedade Colonizadora que explorou a região e concebeu a Estrada da Serra, hoje Estrada Dona Francisca.

No século XIX, a companhia Colonizadora, com sede em Hamburgo - Alemanha, mesmo não mais possuindo terras na região da antiga Colônia Dona Francisca (hoje Joinville), continuava a embarcar colonos para nossa região. Aproximadamente 70 homens, uma tropa de mulas e dois tropeiros brasileiros foram os responsáveis pelo descobrimento da cidade de São Bento do Sul. Os homens deixaram esposas, filhos e demais familiares com a função de desbravarem a serra Dona Francisca. Trazendo facas e foices, esses homens foram abrindo caminhos que beirava o riacho São Bento.

Bavária, Prússia, Polônia, Saxônia, Tchecoslováquia e também Brasil eram os países de origem dos primeiros habitantes. Aqui a realidade era outra: mata virgem, floresta densa, povoada por inúmeros animais e pássaros. Precisaram de muita coragem e vontade de trabalhar para construir em São Bento uma réplica, ao menos parecida, da pátria que deixaram. Buscar uma nova pátria não significava abrir mão dos usos e costumes deixados para trás. Por isso, os imigrantes trouxeram sua história, lembranças, crenças, valores, língua e saudade. Cultivaram os campos e a cultura.

Em 1876 a colônia recebeu a visita de Alfredo Taunay, na época presidente da Província de Santa Catarina. Nesse mesmo ano, pela Lei Provincial nº 801, de 6 de abril, foi criado o distrito de São Bento do Sul. Alguns anos depois, em 21 de maio de 1883, pela Lei Providencial nº 1030, foi criado o Município de São Bento do Sul, instalado em 30 de janeiro de 1884. São Bento do Sul é considerada uma das cidades pólos de Santa Catarina, na área moveleira. Com economia de grandes oportunidades de negócios, a principal atividade é a fabricação de móveis, vendas e exportação. O município é conhecido atualmente como “Cidade dos Móveis, da Música e do Folclore”.

Fonte: Ascom Prefeitura, Ibge e Wikipédia

Conheça mais sobre São Bento do Sul
Destinos Santa Catarina
Publicidade