Últimos posts
Historia de Bangkok
Phra prang at wat pichay yat - Foto: Hdamm (Licenca-cc-by-sa-3-0)
Phra prang at wat pichay yat - Foto: Hdamm (Licenca-cc-by-sa-3-0)

A história da área de Bangkok tem suas origens datadas ao início do século XV, quando era uma vila na margem oeste do rio Chao Phraya, sob o governo de Ayutthaya. Devido à sua localização estratégica, perto da foz do rio, a localidade aumentou gradualmente em importância para o reino. Inicialmente, Bangkok serviu como um posto aduaneiro, com fortes em ambos os lados do rio. Entre os fortes, estava o Forte Amsterdã, construído em 1622 e controlado pelos holandeses, que o utilizavam como um posto comercial. A região se tornou o local de um cerco em 1688, que ficou conhecido como Cerco de Bangkok, em que os franceses foram expulsos de Sião. Após a queda do Reino de Ayutthaya para a Dinastia Konbaung, que governava a Birmânia, em 1767, o recém-declarado Rei Taksin estabeleceu sua capital na cidade, que se tornou a base do Reino de Thonburi. Em 1782, o rei Taksin é assassinado e Rama I, O Grande assumiu o poder, mudando a capital para a Ilha Rattanakosin, na margem oriental, fundando assim o Reino Rattanakosin. A coluna da cidade foi erguida em 21 de abril daquele ano, que é considerada como a data de fundação da cidade.

Bangkok expandia-se gradualmente através do comércio internacional, praticado principalmente com a China e em seguida, com os comerciantes ocidentais a partir de meados do século XIX. Como capital, Bangkok era o centro da modernização do Reino de Sião, enfrentando a pressão de potências ocidentais no final do século XIX. Com os reinados dos reis Mongkut (Rama IV, 1851-1868) e Chulalongkorn (Rama V, 1868-1910) vieram a introdução da máquina a vapor, imprensa, transporte ferroviário e de infraestrutura utilitária e pública na cidade, bem como a educação formal e maiores investimentos em saúde. Nesta época, toda a cidade foi atravessada por uma densa rede de canais (khlongs).

O transporte na cidade era feito em grande parte por esses canais, desenvolvendo-se também o comércio, que originou os mercados flutuantes. Quase não havia estradas, e Bangkok passou a ser chamada de 'Veneza do Oriente'. A maioria dos canais passaram a ser preenchidos sucessivamente, para dar espaço para o crescente tráfego rodoviário da cidade em crescimento. Em 1863, a única rua pavimentada na cidade era a Thanon Charoen Krung, chamada New Road (literalmente 'o caminho para aumentar o capital'). Durante o reinado do Rei Chulalongkorn (Rama V), a linha férrea passou a ser construída em direção ao norte do país, bondes passaram a fazer parte do tráfego urbano e um grande número de estradas foram criadas, sendo boa parte destas com estilos e influência europeia.

Em fins do século XIX, os limites de Bangkok englobavam cerca de uma dúzia de quilômetros quadrados, com uma população de cerca de 500 mil habitantes. Apesar de seu tamanho modesto, a capital tailandesa exercia influência não apenas no Reino de Sião, mas também em outros territórios vizinhos, que hoje correspondem ao Laos, parte ocidental do Camboja e o norte da Malásia. Os governantes siameses foram capazes de afastar a pressão intensa dos portugueses, holandeses, franceses e ingleses, todos eles de uma só vez, que intencionavam adicionar Sião aos seus territórios vizinhos colonizados. Na época, França e Inglaterra haviam estabelecido uma forte presença em cada um dos países vizinhos à Sião (a França no Laos e Camboja e os britânicos em Birmânia e Malásia), enquanto os portugueses lutavam para manter sua hegemonia sobre Ceilão e o Timor-Leste.

Em dezembro de 1938, Phibul Songkhram foi nomeado primeiro-ministro pelo Partido Popular. Ele foi responsável pela mudança do nome do país de Sião para Tailândia, além da adoção do calendário solar ocidental. Quando os japoneses invadiram o Sudeste Asiático em 1941, durante a Segunda Guerra Mundial, superando as tropas aliadas na Malásia e Birmânia, Phibul permitiu que regimentos japoneses tivessem acesso ao Golfo da Tailândia através do território do país. Tropas japonesas bombardearam e ocuparam por um breve período partes de Bangkok em seu caminho para a fronteira entre a Tailândia e Birmânia, para lutar contra os britânicos. Como resultado da insegurança pública, a economia da cidade estagnou-se. Bangkok sofreu bombardeios também por parte dos Aliados e enfrentou a ocupação japonesa, apesar de ter crescido rapidamente no período pós-guerra, como resultado da ajuda recebida pelos Estados Unidos.

Fonte: Wikipédia

 

Conheça mais sobre Bangkok
Destinos Tailândia
Publicidade