Chinese (Simplified)EnglishFrenchGermanHindiItalianJapanesePortugueseRussianSpanish
Historia de Tel Aviv
Panorama urbano a partir do centro Azrieli - Foto: Shmuliko (Licença-cc-by-sa-3-0)
Panorama urbano a partir do centro Azrieli - Foto: Shmuliko (Licença-cc-by-sa-3-0)

A ocupação da área foi iniciada em 1880, ao norte da cidade de Jaffa, onde as áreas, então pertencentes aos árabes eram relativamente caras. No ano de 1909 a cidade foi fundada com o nome de Ahuzat Bayit, com a intenção de ser apenas uma cidade-dormitório, e posteriormente foi renomeada Tel Aviv. No entanto, por volta de 1921 houve problemas entre as comunidades árabe e judaica em Jaffa, o que culminou com a criação do distrito comercial de Tel Aviv, que proporcionou à cidade seu primeiro momento de rápido crescimento populacional. O plano diretor foi implementado em 1925 pelo então prefeito Meir Dizengoff, hoje lembrado na mais importante avenida desta cidade.

A população de Israel como um todo, e portanto a de Tel Aviv também, cresceram muito com a imigração após a subida de Adolf Hitler e dos nazis ao poder na Alemanha em 1933 e, posteriormente, depois da Segunda Guerra Mundial. Jaffa foi o grande núcleo de desenvolvimento até ao século XX, e alvo histórico de conquistas e reconquistas. Originalmente uma cidade fenícia, constituiu-se como um importante porto de mar até 1965, data em que o porto foi fechado, e foi concluído o porto de Ashdod.

Da sua história, é de referir que de 1196 até ao século XVI esteve sob o domínio árabe, até que foi anexada pelo Império Otomano. Em 1799, foi conquistada por Napoleão Bonaparte e na Primeira Guerra Mundial foi reconquistada pelas tropas britânicas. Durante a Primeira guerra israelo-árabe (14 de Maio de 1948), após ser proclamado o Estado de Israel, houve o bloqueio de Jerusalém, e a capital foi momentaneamente transferida para Tel Aviv, passando, em 1949, o Governo para Jerusalém. A maioria dos países, no entanto, manteve as embaixadas em Tel Aviv, com o fim de evitar tomar posições sobre a questão da posse da cidade.

Em 1950 as cidades de Tel Aviv e Jaffa foram unificadas (Tel Aviv-Yafo) e desde então são o centro comercial e financeiro do Estado de Israel. Diversas vezes alvo de ataques terroristas, sofre por se localizar relativamente próxima das áreas conflituosas da Faixa de Gaza e Cisjordânia. Um dos mais notórios atentados foi o de Dizengoff Center em 2009, ocorrido durante as festividades do purim. Durante a Guerra do Golfo, em 1991, Tel Aviv foi alvo dos mísseis Scud iraquianos. Mais recentemente, durante o conflito no Líbano (em julho e agosto de 2006) o xeque Hassan Nasrallah, líder do grupo terrorista Hizbollah, ameaçou disparar mísseis sobre a cidade. A ameaça porém não foi cumprida.

Fonte: Wikipédia

Conheça mais sobre Tel Aviv
Destinos Israel
Publicidade