Chinese (Simplified)EnglishFrenchGermanHindiItalianJapanesePortugueseRussianSpanish
História de Sitio do Conde
Sitio do Conde - Foto: Tatiana Azeviche - Setur
Sitio do Conde - Foto: Tatiana Azeviche - Setur

Em 1621, os jesuítas adquiriram, por sesmaria e concessão de Garcia DÁvila, vasta área de terras, anteriormente ocupadas por uma aldeia tupinambá. Nessas terras, doadas em testamento no ano de 1650, colonos portugueses, indígenas catequizados e escravos africanos dedicaram-se às culturas de cana-de-açúcar, fumo e criação de gado. Com a colonização, foi criado o povoado, que recebeu o nome de Itapicuru de Baixo. Em 1702, o povoado foi elevado à categoria de freguesia com o nome de Nossa Senhora do Monte de Itapicuru da Praia.

Em 17 de dezembro de 1806 foi elevado à categoria de vila, com o nome de vila do Conde, sede do município de igual nome, criado nessa mesma data, de acordo com as ordens do Conde dos Arcos, de cujo título lhe veio a denominação. Os Decretos Estaduais nº. 7.455, de 23 de junho de 1931, e 7.499, de 8 de julho do mesmo ano, extinguiram o município, que passou a constituir o município de Esplanada. Em 10 de agosto de 1935, pelo Decreto nº. 9.662, o município de Conde foi restaurado, sendo reinstalado em 30 de agosto do mesmo ano.

Conheça mais sobre Sitio do Conde
Destinos Bahia
Publicidade