Suas Festas

Festa da Boa Morte - Foto: Agenor Godim
Festa da Boa Morte - Foto: Agenor Godim

A Bahia é festa o ano todo. Os festejos populares se sucedem, concentrados no Verão, mas se estendendo por todo o ano, incluindo as festas juninas. As manifestações folclóricas, de diversas origens se proliferam com exibições ao ar livre de capoeira, maculelê e samba-de-roda. Milhares de pessoas vão às ruas celebrar os santos padroeiros. Além de popular, essas festas se caracterizam pelo sincretismo religioso e pela mistura de elementos sagrados e profanos.

Toda a fé do baiano se manifesta no ciclo de festas populares, desde as comemorações dos orixás do candomblé, quando todos os terreiros da cidade batem seus tambores para seus filhos-de-santo dançarem, até as festas da religião católica, que ganham um cunho profano com muito samba-de-roda e barracas padronizadas que servem bebidas e comidas variadas.

Esse clima de festa impregna toda a cidade, desde a manhã até a noite, mas no início de dezembro, a programação se intensifica. O ciclo tem início no dia 4 de dezembro, com a Festa de Santa Bárbara, e tem seu ápice da Lavagem do Bonfim, na Festa de Iemanjá e no Carnaval. Atualmente, as mais tradicionais são: Bom Jesus dos Navegantes, Lavagem do Bonfim e Iemanjá

Lavagem de Itapoan - Foto: Lúcio Távora (Agencia A Tarde)
Lavagem de Itapoan - Foto: Lúcio Távora (Agencia A Tarde)
Festa de Iemanjá no Rio Vermelho - Foto: Rita Barreto (Setur-Ba)
Festa de Iemanjá no Rio Vermelho - Foto: Rita Barreto (Setur-Ba)
Festa de Santa Barbara (Iansã) Foto: Rita Barreto (Setur-Ba)
Festa de Santa Barbara (Iansã) Foto: Rita Barreto (Setur-Ba)
VER MAIS 12 FOTOS
 Veja também
Assim como a manifestação realizada no dia 08 de dezembro, a Procissão de Ramos também homenageia Nossa Senhora da Conceição da Praia. Os ramos empunhados pelos devotos são, no entanto, o grande...Saiba mais
Realizada desde o século XIX a Festa de Itapuã nasceu da devoção dos pescadores a Nossa Senhora da Purificação e por isso era celebrada originalmente em 2 de fevereiro; mais tarde, a partir da década de...Saiba mais
As baianas despejam seus vasos com água de cheiro no adro da igreja e sobre as cabeças dos fiéis, num ritual de fé e esperança. Na sequência de festejos, destaca-se a Lavagem do Bonfim, uma quilométrica...Saiba mais
Destinos Bahia
Publicidade