Últimos posts

Ecoturismo em Nazaré

Feira dos Caxixis (Nazaré-Ba) Foto: Lamartine Augusto
Feira dos Caxixis (Nazaré-Ba) Foto: Lamartine Augusto

Morro do Silêncio
Mirante natural na periferia da cidade de onde se avista toda a área urbana e rural. No local foi instalada a imagem de Jesus de Nazaré, com 15 metros de altura, do artista plástico Félix Sampaio.
O local dispõe de infra-estrutura turística, com galeria de arte, loja de artesanato e lanchonete.
Duração: 40 minutos.
Como chegar: situado na periferia norte, é avistado de qualquer ponto da cidade.

Maragogipinho
Distrito do município vizinho de Aratuípe, é um pequeno vilarejo habitado por dezenas de oleiros que mantêm a tradição de confeccionar peças em barro.A cerâmica do local é famosa e muito interessante. São talhas, porrões, moringas, louças diversas, objetos de decoração, enfim, uma série de peças feitas em torno manual e assadas em forno, também artesanal.

A habilidade dos ceramistas impressiona. Cada um chega a fazer de 700 a 1.200 caxixis num dia. As olarias se localizam à margem do rio Jaguaripe.
Duração: tempo livre.
Dica: é possível fazer o passeio de barco, a partir das cidades de Nazaré, Jaguaripe ou ainda Cacha-Pregos, na ilha de Itaparica. Observe o manguezal e os pescadores no rio Jaguaripe.
Como chegar: a partir de Nazaré, 5 km pela BA-001, ao sul, entroncando à esquerda para o distrito do município de Aratuípe, Maragogipinho; percorre-se mais 5 km também asfaltados. Este último trecho é bastante sinuoso.

Fazenda Senhor do Bonfim - Nazaré
De Salvador, 56 km via ferry-boat. Casa grande, senzala e engenho compõem o conjunto arquitetônico do final do século XIX, muito bem preservado pelos proprietários. Antigamente o local era conhecido por Engenho São José e seu principal patrimônio é uma roda d´água e moenda de fabricação inglesa.

Alambique típico da região, onde a cachaça é feita de forma artesanal à base de melaço de cana, sem a utilização de produtos químicos. O processo de fabricação da aguardente dura, em média, 15 dias. Aberta à visitação turística, não há quem vá embora sem adquirir a aguardente produzida no local.
Duração: uma hora.
Dica: antes de conhecer o processo de fabricação da aguardente, converse com a proprietária sobre a história da fazenda.
Como chegar: a partir de Nazaré e em direção a Santo Antônio de Jesus, percorre-se 5 km de via asfaltada, quando se encontra uma via rural à direita. Atravessando o rio Jaguaripe por uma ponte antiga de concreto, virar à esquerda e seguir por 500 metros.

Rio Jaguaripe (Nazaré-Ba) Foto: Roque Medeiros
Rio Jaguaripe (Nazaré-Ba) Foto: Roque Medeiros
Feira dos Caxixis (Nazaré-Ba) Foto: Lamartine Augusto
Feira dos Caxixis (Nazaré-Ba) Foto: Lamartine Augusto
 Veja também
Em frente à ilha das Vacas, a Ilha do Capeta é uma coroa ou banco de areia com trechos de vegetação de mangue e desabitada. A praia é muito freqüentada por veranistas e pela comunidade de Madre de Deus. Duração:...Saiba mais
O sr. Júlio, o proprietário, recebe os visitantes pessoalmente. A propriedade possui lagos, criatório de peixes (bagre africano, tambaqui, curimatá, carpa-capim, camarão da Indonésia) e diversas plantações de árvores...Saiba mais
A revelação da existência de pinturas rupestres na extremidade norte das serras que integram o sistema da Chapada Diamantina, onde ficam os municípios de Juazeiro, Sobradinho, Campo Formoso e Sento Sé...Saiba mais
Destinos Bahia
Publicidade