Pontos Turísticos em Itaparica
Avenida 25 de outubro - Foto: Tatiana Azeviche - Setur-Ba (Licença: cc-by-sa-3.0)
Avenida 25 de outubro - Foto: Tatiana Azeviche - Setur-Ba (Licença: cc-by-sa-3.0)

Centro Histórico

A Fortaleza de São Lourenço fica no extremo norte da Ilha, em um local conhecido antigamente como Ponta da Baleia. Sua localização estratégica impedia o desembarque de inimigos no único porto natural da Ilha, além de proteger e abrigar as embarcações que abasteciam a cidade através do Recôncavo ou da Barra do Jaguaripe.
Duração: tempo livre.
Dica: aproveite para andar a pé no Centro Histórico, que tem ruas amplas e arborizadas.
Como chegar: localizado no centro de Itaparica, que fica a 9 km do Terminal de Bom Despacho, pelas BAs-001, 532 e 533.

Fonte da Bica

É famosa por sua água rejuvenecedora. A fonte foi construída em 1842 e a cidade oficializada como Estância Hidromineral, em 1937 - única do país à beira-mar. A água possui indiscutíveis propriedades medicinais em sua composição. Diurética e digestiva, a água é utilizada com sucesso nos distúrbios gastrointestinais, litíases renais e biliares, colites, angeo-colites e polinevrites. A nascente fica oculta no morro de Santo Antônio.

Parequedismo
 
É na Ilha de Itaparica, município de Itaparic, que fica a SkyDive Bahia, zona de saltos que, pela beleza natural e regularidade do clima e dos ventos - média de 14 nós - vem se firmando no cenário internacional deste esporte. O International Skydive Bahia Boogie, que acontece anualmente, atrai atletas reconhecidos, como o load-organizer sul-africano Solly Willians, o camera-flyer americano Rickster Powell (o melhor do mundo hoje), o free-flyer Jimmy Trend e os brasileiros João Tamborindeguy, Tarcísio Pimenta, Fernando Cunha e Rogério Martinatti.

A dropzone Skydive Bahia, que funciona no aeródromo de Vera Cruz, perto das mais belas praias da Ilha de Itaparica, oferece um cenário maravilhoso para quem salta. A free-flyer Cuca, por exemplo, de Resende (RJ), assegura que ali nem se importa com o fim dos poucos minutos da queda livre - considerada pelos pára-quedistas como o melhor do salto – querendo logo abrir o pára-quedas e curtir o visual de Itaparica e até de Salvador. Rickster Powell ficou maravilhado com o local, pois além de pára-quedista, responsável pela participação em filmes, tanto como camera-flyer quanto como doublé em cenas de pára-quedismo, ele veleja.

A impressão que a Skydive Bahia causou no presidente da United States Parachuting Association (USPA) e vice-presidente da Federation Aeronautique Internationale (FAI), B.J. Worth, fez com que ele quisesse realizar a tentativa de quebra de recorde de grandes formações (300 way) na Bahia. Nomes dos primeiros lugares do ranking mundial de várias modalidades, como Pierre Choffard, campeão mundial de skysurf; Luis Henrique Tapajós, o Sabiá, que é o terceiro no ranking mundial de skysurf; Rogério Martinatti, Fernando Cunha, Renato Jorge, Manuel Lessa, entre outros, também são freqüentadores assíduos da dropzone baiana.

Conheça mais sobre Itaparica
Destinos Bahia
Publicidade