Visite Apodi
Igreja Matriz de Nossa Senhora da Conceição e São João Batista - Foto: Ariverton Costa Oliveira (Licença-cc-by-sa-4.0)
Igreja Matriz de Nossa Senhora da Conceição e São João Batista - Foto: Ariverton Costa Oliveira (Licença-cc-by-sa-4.0)

No meio da caatinga nordestina, em pleno sertão potiguar, a cidade de Apodi e o Lajedo do Soledade despontam como uma das melhores opções para o turismo cultural e histórico. A Chapada de Apodi faz parte do Pólo Costa Branca e suas pinturas pré-históricas esperam a visita do turista há milhares de anos.

Nas ravinas, os turistas podem ver desenhos de araras, garças, lagartos e formas geométricas ainda não decifradas, feitas com as pontas dos dedos, com pequenos galhos, pincéis primitivos e com carimbos desenhados nas mãos. A tinta usada era obtida com o uso do óxido de ferro, sangue de animais, gorduras vegetal e animal. Ainda foram encontrados fósseis de animais pré-históricos, como ossos de mastodontes, preguiças e tatus gigantes, além de moluscos petrificados.

Os fósseis podem ser vistos no Museu do Lajedo, que também vende o artesanato produzindo no Centro de Atividades do Lajedo, como peças de cerâmica, camisetas pintadas com temas locais, entre outros artigos. O local recebe cerca de dez mil visitantes por ano, constituindo-se num dos principais atrativos ecos-culturais do Rio Grande do Norte. O Lajedo de Soledade e o Museu Soledade ficam abertos de terça a domingo.

Conheça mais sobre Apodi
Fotos Apodi
Destinos Rio Gr. do Norte
Publicidade