Visite Portalegre
Entrada do Terminal turístico da Bica - Foto: Marcos Elias de Oliveira Junio (Licença-cc-by-sa-1.0)
Entrada do Terminal turístico da Bica - Foto: Marcos Elias de Oliveira Junio (Licença-cc-by-sa-1.0)

Portalegre tem grande influência sobre o turismo na zona serrana potiguar. Com temperatura média de 20 ℃, a cidade dá um belo convite para conhecermos as suas belezas naturais e desfrutar de um clima fresco e agradável. No final do Século XVII foi registrado o surgimento de Portalegre através do avanço de currais de gado, durante o ciclo econômico da carne do charque, que se estendiam até a várzea do rio Açu/Apodi. O Capitão-mor Manoel Nogueira Ferreira ergueu a primeira fazenda do município pela necessidade de procurar paz e tranquilidade, subindo então para a serra. A terra foi demarcada com um toro de madeira (dormentes).

 A Ponta da Serra é um lajedo com depressões que formam piscinas com água da chuva, propícias ao banho e prática de camping. Outro ponto para visitação são as Torres, que é uma formação de rochas sedimentares e metamórficas que formam um paredão a 645 metros de altitude.

Rico em vegetação com algumas nascentes de água de excelente qualidade, o Terminal Turístico da Bica oferece aos visitantes uma estrutura de restaurante, brinquedos infantis e bica para banho. No aspecto histórico, Portalegre possui um marco de delimitação de área com uma rocha de um metro e meio de altura em que foi esculpida a letra “R”, em refência ao Rei de Portugal.

Também encontramos na cidade o prédio da antiga Casa de Câmara e Cadeia, construída no século XVIII, casas de farinha, engenho de cana-de-açúcar, o Sítio Arqueológico Pedra do Letreiro, a beira de um precipício a 643 metros de altitude com inscrições rupestres em baixo relevo e o Sítio Arqueológico Furna do Pelado, a 679 metros de altitude, a borda de um penhasco

Conheça mais sobre Portalegre
Fotos Portalegre
Destinos Rio Gr. do Norte
Publicidade