História de Carnaúba dos Dantas
Castelo Di Bivar - Foto: Jaldesmar Costa
Castelo Di Bivar - Foto: Jaldesmar Costa

Carnaúba dos Dantas deve seu nome à planta de mesmo nome cultivada nas fazendas pertencentes à proprietários da Família Dantas que habitavam a região. Outra hipótese é que na região do município existia grande quantidade de Antas, mamífero brasileiro, no qual deu origem ao nome da cidade da seguinte maneira: Carnaúba das Antas, que originou D`Antas que mais tarde viria a se chamar Carnaúba dos Dantas.

A cidade começou com uma pequena propriedade rural, edificada no começo da década de 1860, pelo casal Antônio Dantas de Maria e Hermínia Maria da Conceição. Em Carnaúba dos Dantas, nasceu o músico e compositor Tonheca Dantas, um dos nomes mais expressivos da história artística do Rio Grande do Norte. Sua obra é vasta e enriquecida pela beleza da melodia de suas marchas, dobrados e valsas, entre as quais 'Royal Cinema'.

Em 1740, Caetano Dantas Correia vindo de Pernambuco com boiada, fundou a Fazenda Carnaúba à margem esquerda do riacho Carnaúba.Em agosto de 1790, o Sr. Caetano passou para sua filha Ana, casada com Antônio Tomaz de Azevedo, através de dotes a fazenda com reses, prata, ouro e escravos. O povoado cresceu e surgiu a primeira feira da localidade, que fracassou e seis anos depois foi restabelecida.

Com a construção de uma capela dedicada a São José, construída em 19 de março de 1900, o sítio de Carnaúba de Cima passou a condição de povoado. Algumas décadas depois, o Decreto Estadual nº 603, de 31.10.1938, transformou a povoação em Distrito vinculado ao município de Acari. Em 11 de dezembro de 1953, através da Lei Estadual nº 1.028, era criado o município de Carnaúba dos Dantas que recebeu este nome em homenagem ao seu colonizador Caetano Dantas e uma alusão a grande quantidade de carnaubeiros existentes na região. Desmembrou-se de Acari e tornou-se município do Rio Grande do Norte.

Conheça mais sobre Carnaúba dos Dantas
Destinos Rio Gr. do Norte
Publicidade