Rafting

Rafting na Ilha do Padre - Bonito-Ms - Foto: Luciana Santos
Rafting na Ilha do Padre - Bonito-Ms - Foto: Luciana Santos

Há lugares onde o rio Aporé (ou Rio dos Peixes) – que divide, durante vários quilômetros, os territórios dos estados de Mato Grosso do Sul e Goiás, e faz parte da Bacia do Prata - corre ligeiro, nervoso e propício aos esportes de aventura aquáticos, como o rafting e o boia cross. Aliás, no Centro-Oeste inteiro, e em Mato Grosso do Sul, em particular, há inúmeros lugares com rios, assim, favoráveis, a partir de sua conformação físico-geográfica, aos esportes de aventura, compondo, afinal, um grandioso cenário altamente conveniente ao turismo.
Mais precisamente no interior da região que forma o município de Cassilândia (situado na divisa entre Mato Grosso do Sul e Goiás, a 434 quilômetros de Campo Grande e 652 quilômetros de Brasília), o Aporé tem um de seus trechos mais maravilhosamente acidentados, favorecendo a esses esportes de aventura.

No local existe um balneário com bar e quiosque que serve para atender os que participam, sazonalmente, das competições de rafting e de boia cross. Mas, afora essas competições de tempos em tempos, o local é perfeito para um dia de tranquilidade e contemplação à natureza.

Para bem entender: o rafting é um esporte que consiste de descidas em corredeiras com a utilização de botes infláveis, cercadas de inúmeras medidas de segurança, quanto o boia cross é prática semelhante, só que em boias, também infláveis, mas, individuais.

Naquele trecho do Aporé, em Cassilândia, as águas cristalinas do rio pulam de uma altura em torno de 60 metros, formando, na sequência, outros saltos que, no conjunto, fazem de Cassilândia um interessante destino turístico.

Convém falar alguma coisa sobre Cassilândia, uma pequena cidade a Leste do Mato Grosso do Sul, também conhecida como Cidade Sorriso, ou como diz a música, “esperança que se faz amor”, com gentes de todo lugar.

Não apenas na Queda do Aporé, mas, em toda a Cassilândia, a natureza apresenta-se de forma bastante generosa, destacando-se serras e planícies que se prestam à agricultura e, ao mesmo tempo, conformando uma bela paisagem.

Rafting na Ilha do Padre - Bonito-Ms - Foto: Luciana Santos
Rafting na Ilha do Padre - Bonito-Ms - Foto: Luciana Santos
 Veja também
Nadar nos rios da região é como mergulhar em um aquário, tamanha a visibilidade que alcança dezenas de metros. A sensação é garantida graças à composição puramente calcária das rochas onde nascem...Saiba mais
Um buraco no chão é a porta de entrada para o abismo Anhumas. São 72 metros de descida em meio a salões repletos de estalagmites de diversos tamanhos e formatos. Chegando no fundo, a dica é fazer...Saiba mais
As caminhadas por trilhas pela mata nativa levam às dezenas de cachoeiras da região, como Boca da Onça, com 156 metros de queda. Ao longo dos percursos, a natureza exibe toda sua beleza e diversidade...Saiba mais
Destinos Mato Grosso do Sul
Publicidade