Salvador - Atrativos - Praias
Praia de Amaralina - Foto: Tatiana Azeviche - Setur-Ba  (Licença CC-BY-SA-30)
Praia de Amaralina - Foto: Tatiana Azeviche - Setur-Ba (Licença CC-BY-SA-30)

Principais Praias de Salvador

Com mais de 40 quilômetros de extensão, o litoral de Salvador tem uma concorrida seqüência de praias que vão da Praia da Ribeira, passa pela Praia do Porto até a Praia do Flamengo. A movimentação nesse trecho é intensa dia e noite, com praias iluminadas, bares e restaurantes que abrem nas madrugadas.Nosso passeio pode começar pela Ribeira, Boa Viagem e Praia do Porto com suas águas tranqüilas e profundas, sendo muito procurada pelos visitantes da cidade.

Você também pode escolher entre a Praia do Farol e a Praia de Ondina que formam com seus recifes piscinas na maré baixa. A Praia de Amaralina e a Praia de Armação têm ondas fortes, sendo muito procuradas pelos surfistas. Já as praias da Pituba, Corsário, Jaguaribe, Piatã e Placafor são muito procuradas pela maciez das areias e qualidade das águas. Cantada pelos poetas, seresteiros e namorados, a Praia de Itapuã oferece cenários bucólicos e um ambiente relaxante.

As praias de Stela Mares e do Flamengo são mais afastadas e também encantadoras. Próximos à orla marítima, temos dois parques com lagoas naturais de grande beleza: o Parque do Abaeté e o Parque de Pituaçú, que oferecem agradáveis opções de lazer durante o dia e a noite. A vida noturna nessa área é intensa, com destaque para o clima poético e romântico da Lagoa do Abaeté e do Coqueiral de Piatã. Na orla dos bairros do Rio Vermelho e da Barra, um bom número de teatros, bares e restaurantes garantem a animação com música e espetáculos.

Praia de São Tome
Praia de mar calmo, excelente para banhistas que não sabem nadar e principalmente para crianças. Localizada no Subúrbio de Salvador, a Praia de São Tomé se destaca pela proximidade de algumas ilhas da Baía de Todos os Santos, onde existem vários barcos que fazem a travessia a essas ilhas de hora em hora, podendo ir passar o dia e voltar antes do entardecer.

Praia da Ribeira
Com águas muito calmas e uma beleza peculiar, o local ganha inspiração ainda maior com noites de luar além de receber grande número de banhistas nos finais de semana.

Praia da Boa Viagem
Com águas muito calmas e uma beleza peculiar, o local ganha inspiração com a vista panorâmica de Salvador além de receber grande número de banhistas nos finais de semana. Praia com muitas pedras e areia amarela.

Praia do Porto da Barra
Enseada de águas calmas e cristalinas, oferece o melhor banho de mar da cidade. Local da chegada de Tomé de Souza, fundador da cidade.

Praia do farol da Barra
No começo da Baía de Todos os Santos, é o lugar ideal para se apreciar o pôr-do-sol de Salvador. O mar é forte e excelente para surfistas. Aqui, localiza-se um dos cartões postais de Salvador, o Farol da Barra, além de dezenas de restaurantes, de todas as especialidades.

Praia de Ondina
Com complexo de quadras de esportes e piscinas esculpidas nas pedras, a praia pode ser uma excelente opção para o lazer em todas as idades. Bairro onde estão localizados os melhores hotéis da cidade, a residência oficial do governador (Palácio de Ondina), o jardim zoológico e bons restaurantes

Praia do Rio Vermelho
Oferece duas pequenas enseadas para banho, a praia da Paciência e a da Mariquita. No Largo de Santana, ficam a centenária Igreja de Santana e a Casa de Iemanjá, de onde partem os presentes à Rainha das Águas, na festa do dia 2 de fevereiro. Aqui é obrigatória uma parada nos tabuleiros de Dinha, Regina e Cira, as quituteiras mais procuradas na cidade pela qualidade dos produtos vendidos, e são muito variadas as opções de bons restaurantes e bares.

Praia de Amaralina
Podem ser saboreados os deliciosos acarajés do quiosque das baianas, acompanhados de água de côco das barracas padronizadas que fazem parte do belo cenário local. Excelente para banhistas e surfistas.

Praia da Pituba
Praia com muitas pedras na areia amarela. Localizada em um dos bairros mais populosos de Salvador, a Pituba, que recebe grande número de banhistas nos finais de semana. Possui uma variedade muito grande de restaurantes e bares.

Praia de Jardim de Alah
Com águas muito agitadas, possui um coqueiral gramado muito frequentado e admirado por baianos e turistas. Com uma beleza peculiar, o local ganha inspiração ainda maior com noites de luar. Neste trecho da orla marítima, fica o Parque Costa Azul, com áreas voltadas para o esporte, o lazer e a cultura.

Praia de Armação
Denominada anteriormente de Chega Nêgo, a praia recebia as embarcações de negros escravizados que vinham da África durante o período em que o tráfico oficial foi proibido. Os escravos eram depositados numa senzala construída à beira da praia até serem comercializados. Em Armação, fica o Centro de Convenções da Bahia, alguns hotéis de qualidade e alguns dos mais procurados restaurantes da cidade.

Praia dos Artistas
Reduto de boêmios, músicos, poetas e intelectuais, a praia ostenta um belo coqueiral e boas quadras poliesportivas. Dezenas de bares e restaurantes compõem a infra-estrutura do local.

Praia do Corsário
Ponto de encontro da juventude bronzeada, estas praias são propícias a prática do surf. Dia e noite sucedem-se atrações musicais ao vivo em diversos bares da região, atraindo grande número de freqüentadores interessados em degustar caranguejos. É no Corsário que fica uma das mais importantes áreas de preservação ambiental e de lazer da cidade, o Parque Metropolitano de Pituaçu.

Praia da Pituaçú
Praia com areias amarelas. Localizada no centro da orla de Salvador, que recebe grande número de banhistas nos finais de semana. Possui uma variedade muito grande de restaurantes e bares.

Praia de Patamares
Ponto de encontro da juventude bronzeada, estas praias são propícias a prática do surf. Dia e noite sucedem-se atrações musicais ao vivo em diversos bares da região, atraindo grande número de freqüentadores interessados em degustar caranguejos.

Praia de Jaguaribe
Ponto de encontro da juventude bronzeada, estas praias são propícias a prática do surf. Dia e noite sucedem-se atrações musicais ao vivo em diversos bares da região, atraindo grande número de freqüentadores interessados em degustar caranguejos. É no Corsário que fica uma das mais importantes áreas de preservação ambiental e de lazer da cidade, o Parque Metropolitano de Pituaçu.

Praia de Piatã
Ponto de encontro da juventude bronzeada, estas praias são propícias a prática do surf. Dia e noite sucedem-se atrações musicais ao vivo em diversos bares da região, atraindo grande número de freqüentadores interessados em degustar caranguejos. É no Corsário que fica uma das mais importantes áreas de preservação ambiental e de lazer da cidade, o Parque Metropolitano de Pituaçu.

Praia de Placafor
Ponto de encontro da juventude bronzeada, estas praias são propícias a prática do surf. Dia e noite sucedem-se atrações musicais ao vivo em diversos bares da região, atraindo grande número de freqüentadores interessados em degustar caranguejos. É no Corsário que fica uma das mais importantes áreas de preservação ambiental e de lazer da cidade, o Parque Metropolitano de Pituaçu.

Praia de Itapoan
Cantada pelos poetas, seresteiros e namorados, a Praia de Itapuã oferece cenários bucólicos e um ambiente relaxante.

Praia do Farol de Itapuã
Tem águas agitadas e pedras. boas para a prática de esportes como o surf e pesca. Conta com um grande número de barracas, onde são encontrados deliciosos petiscos e cerveja gelada.

Praia de Catussaba
Possui coqueiros, arrecifes e ondas fortes para os surfistas. É uma das mais procuradas nos finais de semana com vários bares.

Stella Mares
Ponto de encontro da juventude e de militantes ecológicos. Tem águas agitadas e boas para a prática de esportes como o surf, o jet-sky e o bodyboard. Conta com um grande número de barracas, onde são encontrados deliciosos petiscos e cerveja gelada.

Praia do Flamengo
Possui coqueiros, arrecifes e ondas fortes para os surfistas. É uma das mais procuradas nos finais de semana.

Ilhas

Ilha dos Frades
Longas caminhadas, mergulhos contemplativos, trilhas na mata nativa são algumas das opções ecoturísticas nessa ilha da Baía de Todos os Santos, com apenas 8 km de extensão.
A Ilha dos Frades é também uma das mais importantes do ponto de vista paisagístico. Dona de exuberante floresta atlântica, conta com inúmeras árvores nativas, inclusive pau-brasil. É também considerada uma reserva ecológica, com tombamento municipal aprovado em 1982.

Seus primitivos habitantes foram os índios Tupinambás, que a defendiam dos colonizadores. Segundo alguns historiadores, o nome de Frades perpetua a memória de religiosos que, depois de um naufrágio, conseguiram chegar à ilha, onde foram devorados pelos Tupinambás. Em toda parte há vestígios históricos dos jesuítas - que foram donos da ilha e a venderam pouco antes da expulsão decretada pelo Marquês de Pombal e do início de uma ocupação econômica, com base em sesmarias doadas a fidalgos.

Na ilha dos Frades estão as ruínas de um lazareto, de um armazém onde os escravos chegados ficavam de quarentena, de um entreposto onde os escravos engordavam antes de serem vendidos, de uma casa de farinha, além de duas igrejas: a de Nossa Senhora do Loreto e a de Nossa Senhora de Guadalupe. A primeira, localizada na Ponta do Loreto, foi construída entre 1640 e 1645. É um dos locais mais belos da ilha, com uma pequena enseada, onde a mata beira o mar.

A praia é das mais belas, porém o declive é abrupto para o 'boqueirão', a parte mais funda da Baía de Todos os Santos. A igreja de Nossa Senhora de Guadalupe é do século XVII e se localiza em um dos pontos mais visitados por escunas, a Ponta de Nossa Senhora. Aí há uma concentração de barracas de praia que servem bebidas e tira-gostos, especialmente a lagosta aferventada. Além desta, são muitas as praias, como Paramana (vila de pescadores e veranistas, com alguma infra-estrutura, com luz a motor das 18 às 22 horas), Loreto, Viração, Tobar e praia da Costa.
Duração: um dia
Como chegar: o passeio de escuna tradicional sai do Centro Náutico da Bahia, localizado atrás do Mercado Modelo. Diversas agências de turismo oferecem esse roteiro. Também é possível chegar a partir de Madre de Deus, alugando uma embarcação.

Santo Antônio
'Ilha com maré cheia' Santo Antônio é, na verdade, um prolongamento da ilha dos Frades. Apesar de pequena, possui muitas praias. Um antigo proprietário da ilha, Manoel Antunes Santiago, que era devoto de Santo Antônio, mandou construir uma ermida, em 1670, e colocou o santo de sua devoção. Desde então, a ilha passou a ser conhecida com o nome do santo.
Duração: tempo livre
Dicas: na maré baixa é possível arrodear a ilha a pé.
Como chegar: o tradicional passeio de escuna à ilha sai do Centro Náutico da Bahia. Há a opção do terminal de Madre de Deus, sendo o percurso marítimo mais curto e em águas mais tranqüilas.

Ilha Matarandiba
Sua principal atração é a fonte de Tororó - ponto de referência para navegadores em qualquer carta náutica do mundo - com acesso pelo mar. A queda d´água entre as pedras forma uma fonte na praia.
Na maré cheia, a pequena cachoeira cai praticamente no mar. Uma praia reservada, de águas esverdeadas, cristalinas e a vegetação densa concentrada por manguezal completam o cenário.
A fonte é parada obrigatória para iatistas e outros velejadores que navegam na contracosta de Itaparica. Fica próxima à ponte do Funil, que liga Itaparica à ilha de São Gonçalo e ao continente pela BA-026.
Duração: duas horas
Dicas: não esqueça a roupa de banho e o bronzeador.
Como chegar: alugue um barco em Cacha-Pregos. A ilha está localizada na contracosta, canal de Itaparica.

Ilhas Saraíba e Cal
A primeira é, geograficamente, a última das grandes ilhas da Baía de Todos os Santos, situada entre a ilha de Itaparica e o continente.
A segunda é uma propriedade particular, com duas construções: uma casa abandonada, em estilo suíço, e outra muito bem preservada.
Duração: uma hora.
Dica: observe essas ilhas e toda a bela paisagem em volta durante um passeio de barco.
Como chegar: alugue um barco em Cacha-Pregos. As duas ilhas estão localizadas na contracosta, canal de Itaparica.

Praia de Itamoabo - meninos 'nativos' esperam pelos visitantes com uma refrescante água de coco e os jegues para levar os turistas durante o passeio.
Vila de Santana - aí estão as famosas rendeiras de bilro, que dão um show de habilidade com as mãos ao tecerem finíssimas toalhas que fazem muito sucesso.
Povoado de Praia Grande - até hoje se pode encontrar descendentes de escravos que se comunicam através de estranhos dialetos africanos. Nesse local, estão os artesãos que utilizam a palha e a cana brava para a confecção de cestos e artesanato variado, também de rica criatividade e beleza. É neste povoado que é vendido o delicioso doce de banana na palha, típico da Ilha de Maré.
Praia das Neves - trilha tropical, banho de mar e esportes.
Duração: tempo livre
Dicas: a ilha possui opção de almoço nas barracas da praia de desembarque.
Como chegar: de barco, a partir do Centro Náutico da Bahia, do subúrbio de São Tomé de Paripe, região metropolitana de Salvador ou a partir do Terminal de Madre de Deus.

 

werwre
Conheça mais sobre Salvador
Fotos Salvador
Praia de Pituaçú - Foto: Tatiana Azeviche - Setur-Ba  (Licença CC-BY-SA-30)Praia de Pituaçú - Foto: Tatiana Azeviche - Setur-Ba (Licença CC-BY-SA-30)
Praia do Porto da Barra durante o Espicha Verão - Foto: Rita Barreto - Setur-Ba (Licença CC-BY-SA-30)Praia do Porto da Barra durante o Espicha Verão - Foto: Rita Barreto - Setur-Ba (Licença CC-BY-SA-30)
Praia de Jaguaribe - Foto: Tatiana Azeviche - Setur-Ba (Licença CC-BY-SA-30)Praia de Jaguaribe - Foto: Tatiana Azeviche - Setur-Ba (Licença CC-BY-SA-30)
VER MAIS 17 FOTOS
Conheça Salvador
Publicidade