História de Salvador
Fonte Nova e Dique do Tororó  - Foto: Rita Barreto - Setur-Ba (Licença-cc-by-sa-3.0)
Fonte Nova e Dique do Tororó - Foto: Rita Barreto - Setur-Ba (Licença-cc-by-sa-3.0)

Fundada em 29 de março de 1549, Salvador foi a primeira capital do Brasil, posição que manteve durante 214 anos (1549-1763). A Cidade de Salvador fica debruçada sobre o mar transparente e calmo da Baia de Todos os Santos. Suas águas, mornas e receptivas ficam quase que totalmente protegidas por várias e belas ilhas, como a de Itaparica, Ilha de Maré e Ilha dos Frades.

Cidade antiga e primeira capital do Brasil, Salvador consegue contrastar harmonicamente os casarios coloniais do Pelourinho, (Patrimônio da Humanidade) com largas avenidas e edifícios de arquitetura arrojada como a Casa do Comércio. Cercada de belezas naturais por todos os lados, Salvador é famosa por seu povo alegre e hospitaleiro, que faz da criatividade seu jeito de viver.

A Baía de Todos os Santos já era conhecida pelos navegadores portugueses desde 1500. Sua localização estratégica na costa brasileira propiciava as ligações Portugal - Brasil - África - Ásia e a eqüidistância entre as regiões Norte e Sul do Brasil, aliada às condições requeridas para o abrigo seguro e a correta manobra das embarcações. Tudo isso determinou a sua escolha como local ideal para a construção da capital do BRASIL. O conjunto arquitetônico colonial de Salvador é de importância irrefutável, possuindo inclusive o Título de 'Patrimônio Histórico e Artístico da Humanidade' conferido pela O.N.U.

Como surgiu a Cidade de Salvador e porque esse nome.

Tomé de Souza, primeiro Governador Geral do Brasil, fundou a cidade em 1549, e trouxe com ele, ordens expressas do rei de Portugal para construir uma 'cidade fortaleza'. Feita em caráter de urgência e preocupação, essa medida do Rei de Portugal, D. João III, atendia à necessidade de defesa da nossa terra, constantemente invadida por corsários que vinham retirar, com a ajuda indígena, as riquezas naturais da então colônia portuguesa, principalmente o pau-brasil e a cana de açúcar.

Salvador foi escolhida como sede de governo devido à excelente localização geográfica e estratégica posição econômica, como principal porto de carga e descarga de mercadorias de todo o Nordeste. Logo que chegou aqui, Tomé de Souza tratou de cumprir as ordens do rei, fundando a cidade cujo nome homenageia Jesus Cristo - o Salvador, no melhor ponto para a construção da 'cidade fortaleza', o hoje chamado Pelourinho, local ideal de suas pretensões.

Onde começou a Cidade
Salvador começou a ser construída no Pelourinho e as razões que levaram a escolha deste local são bastante claras. É a parte mais alta da cidade, em frente ao porto, perto do comércio e naturalmente fortificada pela grande depressão existente que forma uma muralha, de quase noventa metros de altura, por quinze quilômetros de extensão, o que facilitaria a defesa de qualquer ameaça vinda do mar.

Em poucos anos, Tomé de Souza construiu uma série de casarões e sobrados, na parte superior dessa muralha, todas inspiradas, evidentemente, na arquitetura barroca portuguesa e erguidos com mão de obra escrava negra e indígena. Para dar maior proteção à cidade, o Governador Geral limitou o acesso a apenas quatro portões, estes totalmente destruídos durante as tentativas sem sucesso, de dominação da cidade no séc. XVII.

Dica:
A região do Pelourinho é um local interessante para se hospedar durante a estadia em Salvador, onde é possível ter contato com um pouco de história, através da arquitetura da região. Naturalmente a cidade oferece outros pontos estratégicos e interessantes para os turistas, dependendo do objetivo da visita e dos interesses pessoais do visitante. Para escolher o hotel que fica mais próximo da sua atração preferida em Salvador, vale a pena utilizar uma ferramenta de comparação como essa, que possibilita filtrar os resultados de acordo com a distância entre o hotel e pontos específicos.

Conheça mais sobre Salvador
Conheça Salvador
Publicidade