Pontos Turísticos em Protásio Alves

Antiga Igreja Nossa Senhora do Rosário:
Tombada patrimônio histórico pela Lei Municipal nº 545/2001, a Igreja Nossa Senhora do Rosário, é um marco fundamental na história da cidade de Protásio Alves. A paróquia foi criada no ano de 1902 através de um abaixo assinado dos moradores que pediam um padre vigário para atuação fixa no Turvo (denominação de Protásio Alves), que até então, não tinha um padre que atuasse somente nesta comunidade.

Este abaixo assinado fez com que muitos padres viessem para a Comunidade do Turvo, mas nenhum se adaptava ao lugar, até que no ano de 1910 veio o Padre Antônio Serraglio e permaneceu na comunidade do Turvo por 34 anos.

Casa da Cultura:
Local onde é possível reviver o passado, admirar a cultura italiana e conhecer o artesanato. Centro do artesanato - Informações Turísticas - Biblioteca Pública Casa da cultura: Antigo prédio da Canônica, construído em 1917 com projeto do Padre Serraglio e executado pelos próprios moradores, hoje abriga o Museu Municipal Centro do artesanato - Informações Turísticas - Biblioteca Pública.

Um local onde é possível reviver o passado, admirar a cultura italiana, conhecer a história da cidade e dos antepassados retratada em cada objeto. No centro do Artesanato, pode-se apreciar e adquirir o artesanato típico de Protásio Alves que é base para a confecção de esportas, chapéus, cestinhas, bolsas e ainda objetos feitos de crochê, bordado, tricô, pintura e outros.

Gruta Nossa Senhora de Lourdes:
Localizada num dos pontos mais altos da cidade, belíssimo cenário com rochas e uma fonte de água natural, possui no interior a imagem de Nossa Senhora de Lourdes.

Torre do Sino:
O pároco da Igreja Nossa Senhora do Rosário, Pe. Antônio Serraglia, adquiriu em 1926 após a construção da Igreja Matriz, três sinos vindos da Alemanha, para soarem às 06:00, às 12:00 e às 18:00. Os três sinos juntos pesam 914 Kg e foram colocados primeiramente numa torre de madeira próxima à Igreja Matriz. Os sinos antes de serem instalados foram bentos e cada um recebeu um nome:
Maior em DO: Maria
Médio em MI: Antônia
Menor em SOL: Vitória.

Todos receberam nomes femininos pois em italiano são chamados de Campanella. Com todo o peso dos sinos e 35 anos de construção, em 1961, iniciou-se a construção da nova torre em alvenaria com 25 metros de altura. Sua inauguração com a benção do Santo Pároco foi no dia 20 de agosto de 1961.

 

Conheça mais sobre Protásio Alves
Destinos Rio Grande do Sul
Publicidade