Rio de Janeiro - Cultura - Teatros
Theatro Municipal - Foto: Quintinense - (Licença-Dominio publico)
Theatro Municipal - Foto: Quintinense - (Licença-Dominio publico)

Principais Teatros da Cidade do Rio de Janeiro

Teatro Municipal do Rio de Janeiro
Inaugurado em 1909, como parte do conjunto arquitetônico das Obras de Reurbanização da Cidade do Rio de Janeiro (RJ), e abertura da Avenida Central, durante a prefeitura de Pereira Passos, exerce desde sua inauguração um importante papel para a cultura carioca e nacional, recebendo em seu palco importantes artistas, orquestras e companhias de Balet. Apesar do nome, o teatro não pertence ao município, mas está vinculado ao estado do Rio de Janeiro.

É dirigido pela Fundação Teatro Municipal, que tem Carla Camurati como presidente. Em 4 de janeiro de 2013, foi anunciada a troca na direção artística: o maestro Silvio Viegas deixa o cargo, que acumulava com a regência da Orquestra do Teatro Municipal (OTM), e assume o maestro Isaac Karabtchevsky. A regência da OTM se mantém com o maestro Viegas. O Teatro Municipal do Rio de Janeiro localiza-se na Cinelândia, no centro da cidade do Rio de Janeiro, no Brasil. Wikipédia
Endereço: Praça Floriano, S/N - Centro, Rio de Janeiro - RJ, 20031-050
Estilo arquitetônico: Arquitetura eclética
Telefone: (21) 2332-9191

Teatro João Caetano
O teatro João Caetano, na Praça Tiradentes, é a casa de espetáculos mais antiga do Rio de Janeiro. Inaugurado em 13 de outubro de 1813, por Dom João VI, com o nome de Real Theatro de São João, o teatro foi cenário de importantes acontecimentos históricos do país. Ali assinou-se a primeira Constituição brasileira. Sua versatilidade para encenar gêneros de espetáculos variados - operetas, tragédias, concertos, comédias, shows e musicais - o torna também um dos mais conhecidos e respeitados espaços cênicos do país.

Ao longo de quase dois séculos atuaram no Teatro João Caetano artistas consagrados de todo o mundo. Em seu palco estiveram, respectivamente, em 25 de junho de 1885 e em 6 de janeiro de 1886, Eleonora Duse e Sarah Bernhard. Além delas, Fernanda Montenegro, Paulo Autran, Bibi Ferreira, Fernanda Torres, Marco Nanini, Maria Bethânia, Gal Costa e vários outros ícones brasileiros fizeram temporadas populares no João Caetano. O espaço pertence à FUNARJ / Fundação Anita Mantuano de Artes do Estado do Rio de Janeiro, vinculada à Secretaria do Estado de Cultura.
Praça Tiradentes, s/n
Centro - Rio de Janeiro
Tel: (21) 2332 9166/ 2332-9258| (21) 2332 9257 (bilheteria)
Lotação: 1.139 lugares
Cafeteria: O teatro possui uma bombonnière para lanches rápidos.
Estacionamento: Há estacionamento pago no hotel Ibis e R. Silva Jardim.

Teatro Carlos Gomes
É um teatro localizado na Praça Tiradentes, no centro da cidade do Rio de Janeiro, estado do Rio de Janeiro, no Brasil. É um dos teatros mais tradicionais do país. As suas primitivas instalações foram inauguradas em 1872, quando se denominava Theatre Franc-Brésiliene, mais tarde denominado como Teatro Santana e, finalmente, com a atual denominação. Ao longo dessa história, essas instalações foram devastadas por três grandes incêndios.

Atualmente tem capacidade para um público de 760 pessoas, destacando-se os três 'foyers' em estilo 'art déco' - um abaixo da entrada, outro acima e o terceiro nas galerias -, com piso em pastilhas e escadarias em mármore. O teatro dispõe de dez camarins (cinco individuais), distribuídos em quatro pavimentos. O nome do teatro é uma homenagem ao compositor Carlos Gomes.
Endereço: Praça Tiradentes, s/n - Centro, Rio de Janeiro - RJ, 20060-050
Telefone: (21) 2215-0556

Teatro Grandes Atores
O Teatro dos Grandes Atores, foi inaugurado em 1995, e é formado por duas salas, a Azul e a Vermelha, cada uma com 336 lugares. A sala Azul teve como primeiro espetáculo Apareceu a Margarida, estrelado por Marília Pêra. A sala vermelha iniciou sua programação com A Era do Rádio, dirigida e encenada por Sérgio Britto. Totalmente projetado com base em todas as normas de segurança, as salas contam com saídas e luzes de emergência, portas corta-fogo com barras anti-pânico, detectores de fumaça, extintores de incêndio, sprinklers e amplos acessos que podem converter-se em áreas de escape. Todos os materiais de revestimento são retardantes de chamas ou pouco combustíveis.

Com uma área de 950 m2 e capacidade para 336 espectadores em cada uma de suas 2 salas, o Teatro dos Grandes Atores oferece espaços amplos para recepção do público e ótima estrutura para receber os melhores espetáculos teatrais e eventos. Nossas salas atendem a 336 pessoas sentadas. O foyer conta com 35 m2. As salas são servidas de ótimos toaletes femininos e masculinos.
Contato Bilheteria tel.: 21 3325-1645
Shopping Barra Square - Lojas 116 E 117 SS | Av. das Américas 3.555 - Barra | CEP 22.631-003- Rio de Janeiro - RJ

Teatro Tereza Rachel
Arrendado em abril de 2011, pelos produtores culturais Frederico Reder e Juliana Reder, da Brainstorming Entretenimento, após mais de dez anos sem atividades, o Teatro Tereza Rachel teve sua reforma iniciada no mesmo ano e intensificada em janeiro de 2012. Seu projeto arquitetônico foi idealizado por José Dias, o maior especialista em revitalização de teatros do Brasil. E tem a NET como patrocinadora oficial.

Nos primeiros dias de março de 2012 a reabertura do Teatro passa a ser divulgada oficialmente na mídia e nas redes sociais, anunciando também o seu nome e slogan, Theatro NET Rio – Para o Rio, o Terezão é agora. Quarenta anos depois de sua primeira inauguração, o Teatro reabre suas cortinas no dia 4 de abril de 2012, com convidados da classe artística e empresarial, com o espetáculo 'BIBI – Histórias e Canções', no qual Bibi Ferreira comemora seus 90 anos de vida e 70 anos de carreira. E no dia 7 de abril, para o grande público.

O espaço conta com duas salas, sendo a maior, Sala Tereza Rachel, com capacidade para mais de 622 lugares e a menor, Sala Paulo Pontes, com 100 lugares. O Theatro NET Rio tem como objetivo ser o palco de todas as artes.
Localizado no Shopping Cidade Copacabana, no Rio de Janeiro, o Teatro Tereza Rachel foi inaugurado em 14 de outubro de 1971, pela atriz que lhe dá o nome.
Endereço: Rua Siqueira Campos, 143 - Copacabana, Rio de Janeiro - RJ, 22031-071
Telefone: (21) 2547-8060

Teatro Armando Gonzaga
Situado no bairro de Marechal Hermes, zona norte do Rio, o Teatro Armando Gonzaga oferece diversos espetáculos e desempenha função bastante ativa em fomentar expressões artísticas da comunidade, proporcionando cursos de teatro, dança e vídeo. Ao longo de seus 59 anos, artistas consagrados como Procópio Ferreira, Tarcísio Meira, Glória Menezes e Fernanda Montenegro mostraram seu talento no Armando Gonzaga.

Em 1981, após uma das reformas do teatro, o projeto Fim de Tarde chegou à região promovendo encontros entre expoentes da MPB. O público lotava o teatro para ver atrações como João Bosco, Joyce e Nelson Cavaquinho. A programação incluiu ainda Nana Caymmi, Cláudio Nucci e Johnny Alf; Wilson Moreira, Ney Lopes, Sandra de Sá e Geraldo Azevedo; Tânia Alves e Rogéria, entre outros.
Av. General Osvaldo Cordeiro de Faria, 511
Marechal Hermes - Rio de Janeiro
Tel: (21) 2332 1040
E-mail: tag@funarj.rj.gov.br
Lotação: 200 lugares e 05 (para portadores de necessidades especiais)
Estacionamento: Não possui estacionamento, mas há vagas nos arredores do teatro.

Teatro Arthur Azevedo
Situado no bairro de Campo Grande, zona oeste do Rio de Janeiro, o Teatro Arthur Azevedo oferece cursos e espetáculos de teatro e música para a comunidade local. O nome do teatro é uma homenagem ao dramaturgo e jornalista Arthur Azevedo (1855-1908), um dos responsáveis pela construção do Theatro Municipal do Rio de Janeiro.

Ao longo de seus cinquenta e três anos, artistas consagrados como Procópio Ferreira, Dercy Gonçalves, Jorge Dória, Eva Todor, Fernanda Montenegro e Stênio Garcia passaram pelo Arthur Azevedo. Além do teatro, a música brasileira também escreveu sua história neste palco, que já apresentou nomes como Raul Seixas, Gonzaguinha, Nana Caymmi, Djavan, Ivan Lins e Alceu Valença.
Rua Victor Alves, 454
Campo Grande - Rio de Janeiro
Tel.: (21) 2332 7516
Lotação: 261 lugares
Estacionamento: Possui estacionamento próprio e gratuito.

Teatro Glaucio Gill
O Teatro Glaucio Gill, localizado na Praça Cardeal Arcoverde, em Copacabana, foi criado a partir da adaptação do auditório do Centro de Recreação e Cultura da Escola Municipal Dom Aquino Correa, anexa ao teatro. Foi inaugurado em 1958, sob o nome de Teatro da Praça, e renomeado, em 1965, de Teatro Glaucio Gill, em homenagem ao ator e dramaturgo que faleceu aos 33 anos.

Com mais de 50 anos de existência, o Teatro Glaucio Gill já foi palco de inúmeros atores e diretores importantes da cultura brasileira. De Rogério Fróes a Aderbal Freire Filho, os artistas que estiveram frente à direção do teatro o transformaram numa referência para jovens atores e companhias iniciantes em busca de experimentação.

O Teatro Glaucio Gill possui um espaço principal com 152 lugares. Em 2010, passou por uma reforma que, entre outras melhorias, transformou o antigo palco italiano num espaço multiuso. Este espaço pertence à Funarj / Fundação Anita Mantuano de Artes do Estado do Rio de Janeiro, vinculada à Secretaria do Estado de Cultura.
Praça Cardeal Arcoverde, s/n
Copacabana - Rio de Janeiro
Tel: (21) 2332 7904 (bilheteria) (21) 2332 7970 (administração)
Lotação: 152 lugares (teatro)

werwre
Conheça mais sobre Rio de Janeiro
Conheça Rio de Janeiro
Publicidade