O que fazer em Petrópolis
Palácio de Cristal - Foto: João Calandrini
Palácio de Cristal - Foto: João Calandrini

Na encantadora e histórica cidade de Petrópolis, existem inúmeros atrativos turísticos a serem explorados e dentre esses, selecionamos os quais consideramos como os mais importantes, além de interessantes:

Comer bem, fazer compras e curtir a natureza também são bons programas durante o passeio à região serrana, assim como fazer visitas guiadas às cervejarias da região, como a Bohemia.

Antiga residência de férias da família real
Sem dúvidas a melhor pedida turística de Petrópolis. Jardins cheios de árvores e plantas em grandes diversidades na antiga residência de férias da família real. O passeio inicia com o recebimento um par de pantufas para circular pelo palácio neoclássico sem correr o risco de arranhar o piso. Caminhe pelos cômodos, como a sala de jantar, onde estão preservados a mobília de mogno, os copos de cristal, as louças e os talheres. Dos espaços mais concorridos está o que guarda a mais importante peça do acervo: a coroa de D. Pedro II, composta de 639 brilhantes e 77 pérolas. A sala abriga também o cetro de ouro criado para a coroação de D. Pedro I, em 1822. Nas noites de quinta a sábado, o palácio é cenário para o espetáculo Som e Luz.

À bordo de réplicas de carruagens
Um Passeio de charrete pelo Centro Histórico de Petrópolis é indescritível. O charmoso city tour à bordo de réplicas de carruagens percorre as principais construções históricas do Centro. Um dos roteiros permite fazer paradas nas atrações. O ponto de embarque é em frente ao Museu Imperial. As principais construções espalham-se por duas avenidas. A Ipiranga, um dos principais corredores históricos da cidade, reúne a igreja Luterana, a Casa da Ipiranga e antiga residência de Rui Barbosa.

Gótica Catedral de São Pedro de Alcântara
Já a avenida Koeler guarda os palácios Rio Negro (aberto recentemente para visitas) e Sérgio Fadel, além da casa de Princesa Isabel - os dois últimos têm visitação somente externa. Nos arredores estão a bela e gótica Catedral de São Pedro de Alcântara, a curiosa casa de Santos Dumont e o Palácio de Cristal, com estruturas de vidro e arame.

Restos mortais da Família Imperial
Imperdível uma visita à Catedral de São Pedro de Alcântara, Construída em estilo neogótico francês. No seu interior tem o Mausoléu onde estão os restos mortais da Família Imperial (dom Pedro II, dona Teresa Cristina, Princesa Isabel e Conde D`Eu, seu primogênito D. Pedro de Alcântara e sua esposa D. Elisabeth) e também podem ser vistas esculturas de Jean Magrou, Bertozzi, vitrais e pinturas de Carlos Oswald. O altar gótico contém relíquias de São Magno, Santa Aurélia e Santa Tecla, trazidas de Roma pelo Cardeal D. Sebastião Leme. As portas principais pesam 2.400 kg cada.

Belos cenários para explorar
Para os amantes do ecoturismo O trekking está entre as atividades mais procuradas e há opções para atletas de todos os níveis - o Circuito das Bromélias tem apenas 1km e a caminhada é bastante leve, enquanto a que leva à cachoeira Véu da Noite, com 42 metros de queda, dura uma hora e meia . As turmas do rapel e do canyoning também marcam presença nas cachoeiras do parque. Todas as atividades devem ser praticadas com o acompanhamento de guias.  Os fãs das cavalgadas também encontram belos cenários para explorar - estradas de terra e trilhas na mata do Vale do Cuiabá.

Degusta o chopp produzido na hora
Um brinde à base de chopp na Cervejaria Bohemia. Além de conhecer a história da bebida, o visitante acompanha o processo de fabricação e degusta o chopp produzido na hora. Anexo ao museu funciona o Boteco Bohemia, com um cardápio que sugere harmonização de rótulos da marca com petiscos.

Conheça mais sobre Petrópolis
Destinos Rio de Janeiro
Publicidade