Pontos Turísticos em Petrópolis
Palácio de Cristal - Foto: Filipo Tardim - (Licença cc-by-sa-4.0)
Palácio de Cristal - Foto: Filipo Tardim - (Licença cc-by-sa-4.0)

Palácios e casarões abertos ao público, como o Museu Imperial, contam histórias da realeza através de coleções ou espetáculos, como o Som e Luz. Construções históricas emolduram Petrópolis e remetem ao período do Brasil Império.

Principais Pontos Turísticos de Petrópolis:

Catedral de São Pedro de Alcântara
Construção em estilo neogótico francês. No seu interior destaca-se o Mausoléu onde estão os restos mortais da Família Imperial (dom Pedro II, dona Teresa Cristina, Princesa Isabel e Conde D`Eu, seu primogênito D. Pedro de Alcântara e sua esposa D. Elisabeth)
Visitação: diariamente, de 8h às 18h.

Museu Imperial
Para curtir o Museu Imperial, cartão-postal de Petrópolis, vá sem pressa. Dos jardins - repletos de árvores e plantas de espécies diversas - aos salões, há muito para apreciar na antiga residência da família real. O passeio começa com o visitante recebendo um par de pantufas para circular pelo palácio neoclássico.

Construções Históricas
As principais construções espalham-se por duas avenidas. A Ipiranga, um dos principais corredores históricos da cidade, reúne a igreja Luterana, a Casa da Ipiranga e antiga residência de Rui Barbosa. Já a avenida Koeler guarda os palácios Rio Negro (aberto recentemente para visitas) e Sérgio Fadel, além da casa de Princesa Isabel.

Distrito Itaipava
O distrito, a 20 quilômetros do Centro, é repleto de pousadas charmosas, restaurantes estrelados e lojinhas de artesanato. A natureza, generosa, oferece cachoeiras e trilhas para caminhadas e cavalgadas, em especial nos subdistritos de Araras, Correas e Nogueira. No inverno, a noite é quente nas boates.

Parque Nacional da Serra dos Órgãos
O Parque Nacional da Serra dos Órgãos, que se espalha por Petrópolis, Teresópolis, Guapimirim e Magé, é cenário para a prática de esportes. O trekking é a atividade mais procurada e há opções para atletas de todos os níveis. As turmas do rapel e do canyoning também marcam presença nas cachoeiras do parque.

Cervejaria Bohemia
São sete mil metros quadrados de fábrica e vinte ambientes, explorados de forma interativa. Além de conhecer a história da bebida, o visitante acompanha o processo de fabricação e degusta o chopp feito na hora. Anexo ao museu funciona o Boteco Bohemia, com um cardápio que sugere harmonização de rótulos da marca com petiscos.

Cervejaria Itaipava
A visita ao Grupo Petrópolis, que fabrica a cerveja Itaipava, apresenta uma das fábricas mais modernas do país em pleno funcionamento - uma só máquina é capaz de envasar 120 mil latas de cerveja por hora. Caminhando por passarelas, é possível conhecer de camarote todo o processo de fabricação, das matérias-primas aos produtos finais.

Cervejaria Buda Beer
Aberta de quinta a domingo, a Buda Beer foi fundada em 2014 e produz sete estilos de cerveja. A cervejaria foi o primeiro Brew Pub – bares que vendem somente e cerveja produzida na casa – de Petrópolis. Em datas específicas, oferece curso de cervejas artesanais.

Cervejaria Cidade Imperial
A fábrica da cervejaria, fundada por descententes da Família Imperial, está mudando de endereço - por isso, as visitas estão temporariamente suspensas. Em novembro de 2016 a nova fábrica será inaugurada, no bairro do Bingen. E será a fábrica de cervejas mais moderna da América Latina!

Parque Crémerie
O parque funciona na antiga Crémerie Buisson - fábrica de queijos de Jules Buisson, fundada em 1845. Com mais de 40 mil metros quadrados, é ponto de encontro de moradores durante o verão. Entre as atrações, quadras de esportes, lago com pedalinhos e área verde perfeita para piqueniques. A entrada e gratuita.

Conheça mais sobre Petrópolis
Destinos Rio de Janeiro
Publicidade