Últimos posts

Grutas e Cavernas

Gruta do Talhado (Canindé) Foto: Luis Morais
Gruta do Talhado (Canindé) Foto: Luis Morais

Principais Grutas Cavernas de Sergipe

As cavernas de Sergipe são em sua maioria pequenas, mas com grande riqueza biológica e importância cultural, mas a exploração turística é possível apenas em uma minoria, porque a maioria apresenta características que limitam ou mesmo impossibilitam a visitação e acesso interno.

São cavidades que apresentam grandes colônias de morcegos, e consequentemente muito acúmulo de guano (fezes de morcegos), e associados a esse guano há diversos seres como insetos e aracnídeos e mesmo em algumas é possível encontrar alguns fungos patogênicos.

Laranjeiras
Em terras baixas, Laranjeiras é considerada a cidade com o maior numero de cavernas no Brasil. Ao todo, são 16 cavernas, e dessas, 6 podem ser exploradas turisticamente. O projeto teve início há 3 anos, quando foi levado a Laranjeiras o Centro da Terra – Grupo Espeleológico de Sergipe, onde realizaram um estudo nas cavernas e grutas da cidade e foi realizado o primeiro seminário de Grutas e Cavernas de Laranjeiras.

A maior caverna de Sergipe e que apresenta possibilidades de visitação é a Toca da Raposa, em Simão Dias, com aproximadamente 400 metros de desenvolvimento total (somando-se todos os condutos da caverna). Encontra-se em uma propriedade particular e os proprietários, participaram de um curso ministrado pelo CENTRO DA TERRA, já realizam visitas guiadas e agendadas.

Há outras cavidades em Sergipe que mesmo de pequenas dimensões, se planejadas, permitem visitação de cunho científico, educacional e mesmo contemplativo. São exemplos a Gruta da Pedra Furada, Matriana e Faleiro, em Laranjeiras; a Gruta do Pórtico em Simão Dias, e algumas cavidades em Canindé associadas a atrativos já existentes.

Elias Silva afirma que a possibilidade de um roteiro turístico em Sergipe com foco em cavernas é algo factível, desde que haja planejamento para evitar o turismo desordenado, que gera impactos negativos para o ambiente cavernícola. Há necessidade também de estudos específicos para elaboração de Planos de Manejo Espeleológico, além de sensibilização e treinamento das comunidades locais.

O Centro da Terra atua desde 2002 na identificação, exploração e registro de cavernas, além de proteção e divulgação do Patrimônio Espeleológico sergipano, sempre em busca de novos registros. Além dos 18 municípios já prospectados, há outros com potencial para ocorrência de cavernas e que ainda não foram explorados, a exemplo de Propriá, Indiaroba, Poço Verde, Japoatã e tantos outros municípios, que são apenas alguns exemplos de áreas com probabilidade de novas ocorrências.

Atualmente há pouco mais de 12 associados, dentre estudantes universitários e profissionais das áreas de biologia, história, arqueologia, turismo, geologia, administração e profissionais liberais. No grupo há diversas atuações, desde trabalhos administrativos, palestras, sensibilização de comunidades, até prospecção e topografia de cavernas, monitoramento, coleta de dados, publicações em congressos, etc.

 

Fonte: blogmalasprontas.com.br

Gruta do Talhado (Canindé) Foto: Luis Morais
Gruta do Talhado (Canindé) Foto: Luis Morais
 Veja também
Conta com várias ilhas, destacando-se as Ilhas da Paz do Paraíso (nos estuários dos Rios Vaza-Barris) e a Ilha de Arambipe (na foz do Rio São Francisco). Na Ilha de Santa Luzia, defronte a Aracaju, está...Saiba mais
Não se trata de grandes quedas d’águas, exemplo das Cachoeiras do El Dorado – 353 metros (AM), Fumaça – 340 metros (BA), Tabuleiro – 273 metros (MG), Salto do Itiquira – 168 metros (GO) ou de Foz...Saiba mais
Sergipe é um estado muito rico em cultura, com um povo muito hospitaleiro e belezas naturais. Barra dos Coqueiros, que, como o nome sugere é contornada por coqueirais que propiciam boas sombras. A 75 km...Saiba mais
Destinos Sergipe
Publicidade