Visite Recife
Escultura de Chico Science na Rua da Moeda - Foto: Hugo Acioly

Como detentora de um dos cinco patrimônios barrocos do Brasil, ao contrário de sua vizinha Olinda, a bela cidade de Recife, até então, não possui o título de Patrimônio Cultural da Humanidade pela UNESCO. Fato em que, atribui-se à demolição e descaracterização de grande parte do seu centro histórico, contudo, a capital possui exemplares barrocos de grande importância, que foram tombados pelo IPHAN - Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional. Mesmo com grandes destruições do patrimônio histórico recifense em períodos diferenciados, a cidade barroca resiste na sua área mais pobre e comercial.

Caracterizada pelo ritmo forte e acelerado, além de seus passos lembrando a capoeira, O 'Frevo', é um dos principais gêneros musicais e danças do Recife, além de ser o maior símbolo do carnaval pernambucano. Já o 'Manguebeat', o qual consiste num movimento da contracultura ao misturar ritmos regionais, a exemplo do maracatu, com rock, hip hop, funk e música eletrônica, surgia nos ares do Recife, no ano de 1990.

Conhecida como a 'Capital Brasileira dos Naufrágios', a capital recifense tem atraído inúmeros mergulhadores de toda parte do mundo, em virtude de vida marinha extremamente rica e suas águas cristalinas e traquilas com temperaturas amenas, propícia à prática do mergulho.

As manifestações culturais e festividades tradicionais, além de inúmeros parques, museus, igrejas barrocas e diversos prédios históricos, destacam-se como os principais atrativos turísticos da cidade, os quais, atraem um grande numero de turistas.

Também conhecida como 'Veneza Brasileira' em razão da semelhança com Veneza na Itália, a qual é envolta por rios e pontes, a grande Recife é repleta de ilhas e mangues, além de possuir uma vasta rede de rios e canais da região metrópolitana, onde se destacam as bacias dos rios Capibaribe, Beberibe, Tejipió .

Conheça mais sobre Recife
O que tem em Recife
Como em todo o nordeste, em Recife sol marca presença praticamente o ano inteiro. Contudo, nos meses de junho e julho as chuvas se intensificam na região. Enquanto no verão, embalada pelos ritmos do carnaval
O Museu do Estado é histórico e antropológico, ex-residência do Barão de Beberibe, (séc. XIX). Acervo com peças importantes do período Colonial e também do período holandês.
Forte das Cinco Pontas Foi construído em 1630 pelos holandeses. Originalmente, era feito de taipa. Os portugueses o chamavam de Forte das Cacimbas. A fortaleza foi totalmente destruída em 1677 e restaurada por Fernandes Vieira
Estrategicamente localizado entre as zonas norte e sul do Recife, o Shopping RioMar Recife tornou-se referência regional e nacional pelo seu projeto inovador, arrojado e com design sustentável oferece ao público
Principais Postos de informações turísticas de Recife: Central do Aeroporto, Central do Bairro do Recife, Central do Parque Dona Lindu, Central de Boa Viagem, Central do TIP
A basílica foi construída em 1687 e possui traços barrocos. No altar dourado, a imagem da padroeira Nossa Senhora do Carmo, em tamanho natural, se destaca. O altar principal abriga valiosas coroas de ouro
Principais Igrejas Evangélicas de Recife: Igreja Evangélica de Confissão Luterana do Recife, Igreja Evangelica do Pina, Igreja Evangélica Luterana Recife, Igreja Evangelica Renascer
Principais Centros de Umbanda e Candomblé em Recife: Abaça Oyá Togum, Axé Ogum Bará Oya Lemim, Axé Oxum Omitaladê, Axé Oyá Balé Omin, Santuário Sagrado de Salomão-Umbanda Cristã
Principais Igrejas Batistas de Recife : 1ª Igreja Batista de Beberibe, 1ª Igreja Batista do Recife, 1ª Igreja Batista do Pina, 1ª Igreja Batista do Ibura, 1ª Igreja Batista Em Areias
Conheça Recife
Publicidade