Chinese (Simplified)EnglishFrenchGermanHindiItalianJapanesePortugueseRussianSpanish
Historia de Cuzco
Praça de Armas - Foto: Colegota (Licenca-cc-by-sa-2-5)
Praça de Armas - Foto: Colegota (Licenca-cc-by-sa-2-5)

Os conquistadores espanhóis souberam desde sua chegada ao que é hoje território peruano que sua meta era tomar a cidade de Cusco, capital do império. Logo ao capturar o inca Atahualpa em Cajamarca, iniciaram sua marcha até Cusco. No caminho fundaram muitas cidades. A luta pela capital foi encarniçada, porém, da mesma forma que nos demais combates, os conquistadores obtiveram a vitória. Em 15 de novembro de 1533, Francisco Pizarro estabeleceu o domínio espanhol na cidade de Cusco, estabelecendo como Praça de Armas o local que ainda mantém a cidade moderna e que era também a praça principal durante o império inca e que se encontrava rodeada dos palácios dos soberanos incas. No lado norte iniciou-se a construção da Catedral. Pizarro outorgou a Cusco a denominação 'Cusco, Cidade Nobre e Grande' em 23 de março de 1534.

Os sobreviventes do império inca mantiveram uma luta durante os primeiros anos da colônia. Em 1536 Manco Inca iniciou seus confrontos e criou a dinastia dos Incas de Vilcabamba. Esta dinastia terminou em 1572, quando o último inca, Túpac Amaru I, foi derrotado, capturado e decapitado.

Época republicana
O Peru declarou sua independência em 1821 e a cidade de Cusco manteve sua importância dentro da organização político-administrativa do país. De fato, criou-se o departamento de Cusco, que abrangia inclusive os territórios amazônicos até o limite com o Brasil. A cidade foi a capital deste departamento e a cidade mais importante do sudeste andino. A partir do século XX, a cidade iniciou um desenvolvimento urbano num ritmo maior que o experimentado até esse momento. A cidade estendeu-se aos vizinhos distritos de Santiago e Wanchaq. Em 1911, partiu da cidade a expedição de Hiram Bingham que o levou a descobrir as ruínas incas de Machu Picchu.

Condecorações
Em 1933, o Congresso de Americanistas realizado na cidade de La Plata, Argentina, declarou a cidade como 'Capital Arqueológica da América'. Posteriormente, em 1978, a 7a. Convenção de Prefeitos das Grandes Cidades Mundiais, realizada na cidade italiana de Milão, declarou Cusco como a 'Herança Cultural do Mundo'. Finalmente, a UNESCO, em Paris, declarou a cidade e especialmente seu centro histórico como 'Patrimônio Cultural da Humanidade' em 9 de dezembro de 1983.

Fonte: Wikipédia

Conheça mais sobre Cuzco
Destinos Perú
Publicidade