História de Várzea Grande
Ponte Sergio Motta (importante ligação de Varzea) - Foto: Mateus Hidalgo (Licença-cc-by-sa-2.5)
Ponte Sergio Motta (importante ligação de Varzea) - Foto: Mateus Hidalgo (Licença-cc-by-sa-2.5)

Várzea Grande foi fundada em 15 de maio de 1867, pelo presidente da província de Mato Grosso o Brigadeiro José Vieira Couto de Magalhães, com o Acampamento Couto Magalhães, no período da Guerra do Paraguai. Sua origem está ligada a doação de uma sesmaria por parte do Governo Imperial em 1832 aos Índios Guanás, considerados mansos pelos portugueses e hábeis canoeiros e pescadores, com a denominação de Várzea Grande dos Guanás, foi também caminho obrigatório das boiadas que vinham de Rosário Acima (Hoje Rosário Oeste) em direção a Cuiabá.

Àquela época, Várzea Grande era um ponto estratégico: fazia divisa com Cuiabá pela margem esquerda do Rio Cuiabá e pela barra do Rio Coxipó. Em 1886, Várzea Grande torna se distrito de Cuiabá, após a promulgação da Lei provincial nº 145, de 6 de abril de 1886 que regulamentava como novo nome, Paróquia de Várzea Grande.

Os anos 40 foram marcados por importantes obras de infraestrutura como a construção da ponte de concreto Júlio Müller, inaugurada em 22 de Janeiro de 1942 e da chegada da energia elétrica em 1945 tornando-se a cidade no terceiro distrito de energia de Cuiabá.

Em 1948, Várzea Grande se emancipou de Cuiabá, após a promulgação da Lei estadual nº 126, de 23 de setembro de 1948 de autoria do deputado estadual Licínio Monteiro da Silva.
Em 1956 a pista de decolagem de aeronaves é transferida da Vila Militar, em Cuiabá, para o bairro Jardim Aeroporto, em Várzea Grande.
Em 1964 é inaugurado terminal do Aeroporto Marechal Rondon.
Em 1985 foi fundada a Associação Comercial e Industrial de Várzea Grande, hoje, Associação Comercial e Empresarial de Várzea Grande.

Conheça mais sobre Várzea Grande
Destinos Mato Grosso
Publicidade