História de Balsa Nova
Paroquia Senhor Bom Jesus de Balsa Nova - Foto: Samirnosteb (Licença-cc-by-sa-3.0)
Paroquia Senhor Bom Jesus de Balsa Nova - Foto: Samirnosteb (Licença-cc-by-sa-3.0)

Os primeiros sinais de povoação apareceram logo após o descobrimento do Brasil. Com a passagem, por essas terras, de portugueses e castelhanos, com o objetivo de prear índios e descobrir tesouros. Esses pequenos núcleos foram se desenvolvendo com a mineração e tropeirismo, depois com a agricultura, erva-mate e madeira. Por volta de 1680 iniciou-se a colonização de terras através da distribuição de Sesmarias, cujos proprietários, em maioria, moravam em São Paulo e Paranaguá. Antonio Luiz Lamim, alcunhado de Capitão Tigre, recebeu áreas na região do Iguaçu, Campo Largo, Rio Verde e Campos Gerais.

Na Serra, ao contrário de outros fazendeiros, o 'Tigre' fixou-se no lugar chamado de Tamanduá. Assim foi fundada a primeira povoação de Balsa Nova, no ano de 1702. O povoado cresceu, e, em 1709 com a construção da Capela Nossa Senhora do Carmo, que mais tarde passaria a ser Capela de Nossa Senhora da Conceição do Tamunduá, passou a ter representatividade econômica. Sob as 'asas' de Tamanduá foram surgindo e crescendo outros núcleos Serra abaixo, no Vale do Iguaçu. Enquanto esses novos vales prosperavam, a 'Velha Tamanduá' entrava em decadência, a partir de 1823. Rodeio Grande, Bugre, Lagoão, São Luiz, Santo Antonio e São Caetano formavam agora a base econômica da região balsanovense. Rodeio era o mais progressista, mas havia que se melhorar a travessia do Iguaçu.

Com a participação das famílias Alvarenga, Anjos e Chaves, construiu-se uma balsa puxada por quatro canoas. A embarcação pouco durou sendo arrastada pelas águas. Em 1891 surgia uma nova balsa, tracionada por correntes e muito mais segura. A partir daí esqueceu-se do 'Rodeio' e todos os moradores da região passaram a referir-se ao lugar como Balsa Nova. Em 1938 a denominação oficial do lugar passou a ser João Eugênio.

Em 12 de maio de 1954, por pressão popular, o nome volta a ser, em definitivo, Balsa Nova. Em 25 de janeiro de 1961, o então Distrito é desmembrado de Campo Largo e torna-se o Município de Balsa Nova. A partir daí, superada a faze de transição administrativa, a cidade vive sua independência, união e prosperidade.

 

Conheça mais sobre Balsa Nova
Destinos Paraná
Publicidade