Chinese (Simplified)EnglishFrenchGermanHindiItalianJapanesePortugueseRussianSpanish

Grutas e Cavernas

Gruta da Lancinha - Foto: Antonio Zwaresz
Gruta da Lancinha - Foto: Antonio Zwaresz

Principais Grutas e Cavernas do Paraná

Para os viajantes que apreciam a mescla de história e natureza. Repletas de histórias e belezas naturais, 260 grutas e cavernas estão oficialmente cadastradas dentro do Paraná. Muitas delas, de difícil acesso a visitantes, se encontram conservadas e escondem uma biodiversidade considerada preciosa. Outras estão muito danificadas, resultado da interferência do ser humano sobre a natureza.

Localizados na Região Metropolitana de Curitiba, dois locais que abrigam grutas foram transformados em parques, permitindo a visitação controlada e a preservação do patrimônio espeleológico. Trata-se do Parque Municipal Gruta do Bacaetava -que fica no município de Colombo - e do Parque Estadual de Campinhos - com sede em Tunas do Paraná e que abriga as grutas dos Jesuítas, das Fadas e do Abismo.

O Parque Municipal Gruta do Bacaetava é considerado o principal atrativo de Colombo, a 19 quilômetros de Curitiba. Foi criado em 2001 e é aberto à visitação pública gratuita de quarta-feira a domingo, das 8h30 às 11h30 e das 13h às 16h30. A gruta do Bacaetava, que tem 200 metros de extensão, foi descoberta há cerca de 106 anos pelos primeiros imigrantes italianos que chegaram a Colombo. Durante a II Guerra Mundial, serviu de abrigo a filhos de imigrantes que não queriam deixar suas casas e familiares para participar de combates.

Como a gruta é bastante escura, os visitantes só podem entrar na companhia de guias e com o auxílio de lanternas. Na área interna, existem formações rochosas que formam desenhos lembrando o formato do rosto de Jesus Cristo, uma mão, uma abóbora e uma caveira. Para poderem percorrer a gruta, grupos grandes de pessoas devem marcar horário antecipadamente.

Conheça as principais:

Buraco do Padre
A Furna do Buraco do Padre é um dos mais belos atrativos naturais dos Campos Gerais, no estado do Paraná, Sul do Brasil.Está localizada dentro do Parque Nacional dos Campos Gerais, na borda leste da Bacia do Paraná, a aproximadamente 24 km a leste/sudeste da cidade de Ponta Grossa, distrito de Itaiacoca. É uma furna que ocorre no cruzamento de falhas geológicas e fraturas que cortam as rochas arenosas da Formação Furnas. Estas falhas e fraturas causaram erosão subterrânea do arenito.

O acesso ao interior da furna se dá através do leito do Rio Quebra-Pedra, com a ocorrência de uma imponente cascata. Dentro do Buraco do Padre ocorrem notáveis exposições de arenitos da Formação Furnas, com suas típicas estratificações cruzadas e plano-paralelas.
Buraco do Padre - Ponta Grossa - PR

Desde 2002 é um dos sítios geológicos brasileiros, conforme definido pela Comissão Brasileira de Sítios Geológicos e Paleobiológicos. Era refúgio dos jesuítas, proprietários das sesmarias de terras do Pitangui que abrigavam também o antigo caminho das tropas. Seu nome foi atribuído pelos caboclos e tropeiros que por ali passavam. É proibida a prática de escalada.

Caverna da Mandaçaia
A Caverna da Mandaçaia (ou Primeira Caverna) é um acidente geográfico no município de Telêmaco Borba, no estado brasileiro do Paraná. Trata- se de um solapamento em rochas sedimentares, sobretudo siltitos, mas ainda podemos encontrar arenitos e argilitos intercalados, sobretudo permo-carbonífero. O processo erosivo de formação é fluvial.

Assim popularmente denominada por não ter um nome oficializado, localizando-se próximo a Lagoa da Mandaçaia. O acesso se dá pela mesma estrada que dá acesso a lagoa da Mandaçaia, partindo da PR-160, pegando a estrada de terra cascalhada da Mandaçaia, até a altura aproximada do 4,5 Km, quando se acessa a esquerda, a estrada de servidão das Indústrias Klabin, após se segue por uma trilha entre a mata ciliar, sendo que o local fica impossibilitado de ser acessado por veículos.

Esta caverna de formação rochosa apresenta dois salões um a direita com cerca de 40 m² (8x5) com altura média da entrada de 3,00 metros e 1,5 aos fundos. A entrada deste salão possui uma cachoeira de cerca de 5 metros de altura. O outro salão a direita tem cerca de 180 m² (40x6) com altura média de 6 metros na entrada e termina com mais ou menos um metro de altura.
A caverna encontra-se na bacia hidrográfica do Arroio Uvaranal (curso de água afluente do rio Tibagi) e ao lado da caverna há uma queda d'água.

Esta Primeira Caverna, juntamente com a Segunda Caverna de dimensão menor, formam um conjunto de formação geológica de acidente geográfico dentro da localidade conhecida como Mandaçaia, no município de Telêmaco Borba.

Gruta de Bacaetava
A Gruta de Bacaetava é um acidente geográfico do município de Colombo, no estado brasileiro do Paraná. A gruta foi descoberta entre o final do século XIX e início do século XX, dentro das terras de propriedade do italiano Antônio Gasparin e durante a Segunda Guerra Mundial, foi refugio de descendentes italianos que eram perseguidos. Após Gasparin doar o terreno e a gruta para a Igreja matriz de Colombo e esta, repassar para a Santa Casa de Misericórdia de Colombo, em 2000 o município comprou e transformou o local no Parque Natural Municipal Gruta do Bacaetava e hoje é uma das principais atrações turísticas da cidade

Gruta das Encantadas
A Gruta das Encantadas é uma gruta encontrada no sul da Ilha do Mel, no Paraná, Brasil.[1] A gruta é o patrimônio natural mais importante da Ilha do Mel. O morro da Gruta, formado por um tipo de rocha chamado migmatito é dividido por um veio de rocha negra, o diabásio. A Gruta se formou pela ação do mar sobre o diabásio, menos resistente que o migmatito. Para facilitar o acesso, foi construída uma passarela que leva até a sua entrada.

Gruta de Nossa Senhora de Lourdes
Encontra-se no morro Espia Barco, onde existem algumas bicas, que até 1974, serviam para abastecimento da cidade de Guaratuba. Possui uma imagem de Nossa Senhora de Lourdes e, diversas placas no local atestam as graças alcançadas por fiéis. Sendo que sua agua foi usada por benzedeiras,para batismo(como ocorreu na fonte são luiz) até ter seu abastecimento de agua normalizado já que em 1984 o saneamento de agua foi cortado e normalizado em 19 de setembro de 1984 um mês depois sendo utilizada ate hoje pois sua agua é limpa e cristalina

Gruta da Lancinha - Foto: Antonio Zwaresz
Gruta da Lancinha - Foto: Antonio Zwaresz
Gruta de Bacaetava (Colombo-Pr) Foto: Adriana Justi / G1
Gruta de Bacaetava (Colombo-Pr) Foto: Adriana Justi / G1
VER MAIS 5 FOTOS
 Veja também
A Ilha do Mel é uma das mais conhecidas de todo o litoral paranaense, visto a sua beleza exuberante e grandes pontos turísticos extremamente encantadores. Ela pertence ao município de Paranaguá e para evitar...Saiba mais
O potencial hídrico do Paraná é de fazer inveja a outros estados. Afinal, é graças a essa riqueza que os paranaenses contam com uma das sete maravilhas naturais do planeta, as Cataratas do Iguaçu. Também por...Saiba mais
O Paraná abriga duas das maiores cachoeiras do Brasil, o Salto São Francisco e o São Sebastião, que ficam na região de Prudentópolis, conhecida como a “Terra da Cachoeira Gigante”. E claro, não podemos deixar de...Saiba mais
Destinos Paraná
Publicidade