O que fazer em Jundiaí
Adega do Português - Foto: Secom-Jundiai
Adega do Português - Foto: Secom-Jundiai

Tempo livre
O tempo livre e as horas de lazer também podem ser bem aproveitadas em Jundiaí. As opções dos parques, cinemas, teatro, boliches estão disponíveis nesta bela cidade, com atrações para todas as idades! Seja para exercitar-se, com uma caminhada leve ou somente para desfrutar de belas paisagens, ou ainda para ver um bom filme ou uma peça de teatro, as opções são diversas!

Lojas Especiais
Os sabores de uma cidade tão diversificada podem ser encontrados em suas Lojas Especiais, que reúne produtores de cerveja artesanal, doces e geleias, vinagres, produtos orgânicos e várias outras opções.
A uva e tantos outros sabores, processados em produtos que dão água na boca! Viva uma experiência gastronômica autêntica e diferente!

Adegas, Vinhos e Vinícolas
A cidade de Jundiaí, atualmente, possui 20 adegas produtoras de vinho. São diferentes tipos de vinho muitos deles produzidos tradicionalmente há mais de 100 anos. A produção de vinho chegou à cidade na bagagem dos imigrantes italianos que aqui se instalaram no final do século XIX.

A produção artesanal, que inicialmente acontecia para o próprio consumo das famílias foi sendo ampliada e reconhecida em toda a região. Atualmente, as adegas recebem visitantes de todo o país e do exterior para provarem os vinhos produzidos em terras jundiaienses.

A projeção internacional também se deu por terem sido vinhos de Jundiaí servidos aos Papas Bento XVI e ao Papa Francisco em suas visitas ao Brasil. Tintos, brancos, roses, secos, suaves, frizantes. A variedade é imensa e cada adega tem se especializado cada vez mais em oferecer produtos diferenciados! Deguste!

Turismo Rural
Cuidados no TransporteO dia-a-dia do campo, as tradições, a culinária, as frutas frescas direto do pé, atrativos estes, cercados pela hospitalidade característica da roça, podem ser vistos nos roteiros rurais de Jundiaí, que se completam pelas adegas de produção de vinho artesanal e pela cultura italiana tão presente na região. Também pelos causos, pelas paisagens, pelos sons e pelos cheiros de doce feito no fogão à lenha, de bolos e pães fresquinhos, servidos com o café feito na hora.

Festa da Uva
Em 1933, acontece, na agricultura de Jundiaí um fenômeno que viria mudar a história da cidade. Em virtude de uma mutação genética espontânea, surge, nos vinhedos jundiaienses, uma nova variedade de uvas: a niágara rosada.

Este fenômeno, ocorrido no bairro do Traviú motiva a realização, em 1934, da primeira Festa da Uva de Jundiaí, que recebeu mais de 100 mil visitantes em sua primeira edição. A Festa era realizada, inicialmente, no centro da cidade, utilizando áreas das ruas centrais, do antigo mercado municipal (depois Centro das Artes) e do grupo escolar Conde do Parnaíba.

Em virtude do sucesso da mesma, foi construído um espaço especialmente para recebê-la: o Parque Comendador Antônio Carbonari, o nosso Parque da Uva, inaugurado em 1953! A Festa completou, em 2017, 83 anos de história. São 34 edições da maior Festa da Uva do Estado de São Paulo, reconhecida em todo o Brasil.

A saborosa gastronomia jundiaiense
Com mais de três centenas de restaurantes das mais variadas cozinhas e tipos de serviços, nossa rede gastronômica agrada a todos os paladares. Restaurantes das mais diferentes nacionalidades: italianos, alemães, japoneses, chineses, mexicanos, árabes entre outros, são complementados por casas de especialidades, como as de carnes nobres, picanha, peixes, restaurantes rurais, além de bares variados, casas noturnas, e aqueles de categoria e cardápio internacional, pizzarias, churrascarias e rodízios, sem deixar de lado as tradicionais cantinas italianas, com as massas e molhos com o toque das nonas.

 

Conheça mais sobre Jundiaí
Destinos São Paulo
Publicidade