Últimos posts

Cachoeiras

Cachoeiras de Serra do Cipó - Foto: Vihh-Flickr
Cachoeiras de Serra do Cipó - Foto: Vihh-Flickr

Principais Cachoeiras de Minas Gerais

O estado de Minas Gerais é conhecido como a caixa d’água do Brasil, abrigando as nascentes de rios de grande importância para o país. E por isso, talvez seja o estado brasileiro com a maior quantidade de cachoeiras. E não é só quantidade, a beleza e a altura não ficam de lado, duas das cinco maiores cachoeiras do Brasil estão em Minas Gerais. Listamos abaixo algumas mais importantes:

Cachoeira do Fundão – Serra da Canastra - MG
Uma das mais belas e paradisíacas cachoeiras da Serra da Canastra. A Cachoeira do Fundão é formada pelas águas cristalinas do Rio Santo Antônio que despescam com bastante força, chegando a formar ondas no poço. Ela está a 52 km de distância de São Roque de Minas, o principal município da região da Canastra. A cachoeira recebe sol quase o dia todo, sendo bastante comum ver arco-íris em torno de sua cortina d’água.
Altura da Cachoeira do Fundão: 80 metros

Cachoeira Casca D’ Anta – Serra da Canastra - MG
A Casca D’ Anta está entre as 5 maiores cachoeiras de queda livre do Brasil. Ela possui uma queda de 186 metros, o que lhe rende o título de maior atração da região. As águas da Casca D’ Anta são do Rio São Francisco, que nasce na própria Serra da Canastra e atravessa mais de 5 estados. Devido a força da água, o poço principal não é recomendado para banho.
Altura da Cachoeira Casca D’ Anta: 186 metros

Cachoeira do Tabuleiro – Serra do Espinhaço - MG
A Cachoeira do Tabuleiro é uma gigante. Ela é a mais alta cachoeira de Minas Gerais e a terceira mais alta do Brasil. São 273 metros de queda livre formada no meio de um paredão que lembra o formato de um coração. Com tamanha queda d’água o seu poço é muito profundo, chegando a 20 metros. A Cachoeira está localizada na Serra do Espinhaço. É cobrada uma taxa de visitação para entrar no Parque.
Altura da Cachoeira do Tabuleiro: 273 metros

Cachoeira Rabo de Cavalo – Serra do Espinhaço - MG
Também localizada na Serra do Espinhaço, a Cachoeira Rabo de Cavalo é mais uma das atrações do município de Conceição do Mato Dentro, considerado a capital mineira do Ecoturismo. A queda de 170 metros e o volume de água esculpiram um poço de 50 metros de largura e mais de 6 metros de profundidade. Para quem sabe nadar e gosta de dar um mergulho é possível atravessar todo o poço e chegar perto da queda.
Altura da Cachoeira Rabo de Cavalo: Três quedas, totalizando 170 metros

Cachoeira das Irmãs – Araguari - MG
É também conhecida como Cachoeira das Freiras. A Cachoeiras das Irmãs fica a apenas 36 km de Uberlândia - MG, nas redondezas da cidade são encontradas dezenas de cachoeiras. Suas águas são formadas pelo Ribeirão Bom Jardim e sua queda é de 42 metros de altura. O volume de água é tamanho que forma um spray quando a água atinge o poção. A Cachoeira das Freiras é de fácil acesso, se você quiser sossego, evite visitá-la em feriados e finais de semana de muito calor.
Altura da Cachoeira das Irmãs: 42 metros

Cachoeira Grande – Serra do Cipó - MG
A Cachoeira Grande é um dos cartões postais de Minas Gerais e da Serra do Cipó, um dos conjuntos naturais mais exuberantes do mundo devido a sua história geológica e potência hídrica. As suas quedas se estendem horizontalmente por 50 metros, atingindo uma altura máxima de 10 metros. A Cachoeira Grande está em uma área privada, onde existe restaurante e banheiros. Uma taxa é cobrada para entrar na área da cachoeira.
Altura da Cachoeira Grande: 10 metros

Cachoeira do Crioulo – Parque Estadual do Rio Preto - MG
Com prainha de areia branca, águas cor de mel e uma queda de água de pouco volume, a Cachoeira do Crioulo é muito convidativa para um bom mergulho. Ela é um dos principais atrativos do Parque Estadual do Rio Preto, na região de Diamantina – MG. O Parque abriga diversas cachoeiras, piscinas naturais, corredeiras e praias fluviais.
Altura da Cachoeira dou Crioulo: 30 metros

Cachoeiras do Canyon – Furnas – Capitólio - MG
O lago de Furnas é um reservatório artificial criado parar permitir a geração de energia pela Usina Hidrelétrica de Furnas. Para criar o lago foram inundados 1440 km2, o que gerou paisagens exóticas como canyons e cachoeiras que deságuam no próprio lago. As Cachoeiras do Canyon são bons exemplos desse cenário. Elas descem pelos paredões de mais de 50 metros de altura e desaguam no lago de águas esverdeadas. O único acesso é através de embarcações. Passeios de escunas levam os turistas até o local.
Altura das Cachoeiras do Canyon: Aproximadamente 50 metros

Cachoeira das Borboletas – São Tomé das Letras - MG
É considerada uma das mais belas cachoeiras de São Tomé das Letras, cidade famosa pela riqueza em cachoeiras e o clima místico. A Cachoeira das Borboletas é uma ducha natural, de água cristalina e localizada em um vale por onde correm águas tranquilas e relaxantes. Em certas épocas do ano realmente existem muitas borboletas no local. É recomendável visitar a cachoeira no inverno, quando o volume de água é menor e a água está cristalina. Por ser de fácil acesso, se quiser sossego, evite visitas em feriados e dias de muito calor.
Altura da Cachoeira das Borboletas: Aproximadamente 5 metros

Cachoeira dos Cristais – Diamantina - MG
Cachoeira de pouca altura, mas com um poço ótimo para banho. As águas são tranquilas e limpas. É possível nadar até a queda e ficar atrás da cortina de água. A Cachoeira dos Cristais fica a menos de 15 quilômetros de Diamantina.
Altura da Cachoeira dos Cristais: 6 metros

Cachoeira do Patrocínio Amaro – Ipoema - MG
A Cachoeira do Patrocínio Amaro é formada por duas quedas que totalizam 50 metros. Seu poço é raso, mas excelente para banho, com águas cristalinas e cor de caramelo. Localizada a 16 km de Ipoema é de fácil acesso, com infraestrutura de camping, bar e restaurante. Paga-se uma taxa de visitação.
Altura da Cachoeira do Patrocínio Amaro: Duas quedas, totalizando 50 metros

 

Fonte: www.desviantes.com.br

Cachoeiras de Serra do Cipó - Foto: Vihh-Flickr
Cachoeiras de Serra do Cipó - Foto: Vihh-Flickr
Cachoeira dos Cristais (Diamantina) Foto: Luiz Felipe Martins
Cachoeira dos Cristais (Diamantina) Foto: Luiz Felipe Martins
VER MAIS 4 FOTOS
 Veja também
O Estado de Minas Gerais ficou conhecido como a 'caixa d'água' brasileira, numa referência à relevância das suas bacias hidrográficas. É produtor de água em seus 58,6 milhões de hectares. As principais...Saiba mais
As quedas de água estão escondidas no meio de formações rochosas de milhares de anos, que impressionam pelo belo contraste entre as pedras, a vegetação rasteira e a exuberância da água da represa...Saiba mais
As grutas mais importantes de Minas, são os chamarizes para as cidades mineiras que exploram o turismo na região cárstica de Lagoa Santa. As grutas do Maquiné (em Cordisburgo), Rei do Mato (em Sete Lagoas)...Saiba mais
Destinos Minas Gerais
Publicidade