Maceió - Atrativos - Pontos Turísticos
Linda Praia de Pajuçara - Foto: Dario Sanches (Licença-cc-by-2.0)
Linda Praia de Pajuçara - Foto: Dario Sanches (Licença-cc-by-2.0)

 Principais Pontos Turísticos de Maceió

Localizada em um ambiente totalmente litorâneo, Maceió destaca-se pela sua beleza exuberante. Encravada entre os coqueiros, mangues e um belíssimo mar, proporciona a todos que a visitam lindas recordações. É um dos mais belos pólos turísticos do Brasil, triplicando sua população na temporada de férias.

Na realidade, os mais visitados pontos turísticos de Maceió são as praias. O mar e suas belezas naturais são os principais locais que os turistas visitam e não é pra menos. Contudo, como Alagoas tem um litoral privilegiado, os visitantes não se limitam apenas à área central e fazem passeios para conhecer praias próximas, localizadas em outras cidades. Em Maceió é possível desfrutar de toda beleza com a tranquilidade que a cidade oferece.Possuindo uma infra-estrutura turística invejável: hotéis, de uma a cinco estrelas, pousadas e albergues, grande parte na orla marítima, afora restaurantes e bares , estrategicamente instalados na Pajuçara, Ponta Verde, Jatiúca e Stella Maris

No centro, a dica é visitar a Catedral Metropolitana de Maceió e o Palácio Floriano Peixoto - antiga moradia e área de trabalho de diversos governantes alagoanos. No Palácio pode-se fazer um tour bacana, com direito a entrada em salões com quadros e móveis antigos, e exposições que contemplam os feitos de personalidades alagoanas. Para admirar Maceió do alto, nossa sugestão é ir ao Mirante de São Gonçalo, que tem uma vista maravilhosa e garante boas fotos.

Como o artesanato está intimamente conectado à cultura do povo alagoano, separe um tempo para visitar o Pontal da Barra, bairro onde vivem muitas rendeiras que tecem o filó. Para fazer algumas compras e, quem sabe, levar para casa uma lembrancinha, boas opções são a famosa Feira da Pajuçara, o Pavilhão do Artesanato e o Mercado Central; nesses lugares você encontrará grande variedade de produtos.

Escolhemos os principais pontos a serem visitados:

Catedral Metropolitana
Situada na Praça D. Pedro II, a catedral fundada em 1859 reúne diversos estilos arquitetônicos devido às inúmeras intervenções feitas ao longo do tempo. A mistura, que vai de características neoclássicas a modernas, garante o charme e a singularidade da construção.

Tour Histórico
Além da catedral, outros prédios históricos de Maceió merecem atenção, principalmente dos curiosos pela cultura local. O tour histórico pela região central da cidade conduz os turistas por construções predominantemente neoclássicas, como o Palácio do Governo, além de locais como a Igreja de Bom Jesus dos Martírios e os museus Pierre Chalita e Théo Brandão.

Piscinas Naturais
Águas claras povoadas de peixes coloridos e a estrutura das jangadas-restaurantes são os principais atrativos para um passeio nas piscinas de Pajuçara. Além desta, as piscinas de Ipioca, Paripueira, Barra de São Miguel e do Gunga recebem mergulhadores e são um belo cenário para a prática do esporte.

Lagoa Mundaú
Com 600 km² de superfície, a Lagoa Mundaú é um dos maiores ecossistemas de Alagoas, além de ostentar importantes aspectos históricos, culturais, sociais e econômicos. O cenário é composto por nove ilhas onde vivem pescadores e rendeiras, em meio a vegetação de restinga e manguezais, peixes e crustáceos diversos, além de praias isoladas. Há opções de passeio a bordo de saveiros, que duram cerca de quatro horas.

Feira de Artesanato
Uma das mais concorridas da capital, a feira localizada à beira-mar conta com 200 barracas, que oferecem artigos locais e regionais. Lá é possível encontrar itens feitos em palha, madeira, cerâmica, fibra do coqueiro, couro e barro. Os preços costumam ser acessíveis, e o movimento à noite é mais um atrativo do local.

Lagoa Manguaba
É a maior do Estado de Alagoas, com 34 quilômetros quadrados os passeios de barcos por ilhas e ilhotas através de seus canais são os principais atrativos da Lagoa Manguaba. Belas paisagens no povoado de Massagueira e o encontro da lagoa com o mar e garantem aos turistas um passeio inesquecível.

Piscinas Naturais
O passeio às piscinas de Pajuçara é feito através de rústicas jangadas, que levam dez minutos para atravessar os dois quilômetros entre a praia e os recifes. Formados apenas na maré baixa, os aquários naturais impressionam pelas águas claras repletas de peixes coloridos e pela estrutura das jangadas-restaurantes, que oferecem lagostas, camarões, peixes e caipirinhas de frutas típicas.

Museu de Arte Sacra de Marechal Deodoro
Está situado num impressionante e imponente convento franciscano, construído em estilo barroco entre 1684 a 1689. O convento é por si uma atração. O madeirame do chão é original e as instalações muito bem preservadas são um relato vivo do cotidiano dos franciscanos do século XVII. A coleção exibida é surpreendentemente rica, com belos exemplos da iconografia religiosa do período colonial brasileiro. São apresentadas imagens de santos em requintado estilo barroco, capelinhas, cálices e paramentos. Símbolo da riqueza destes dias há peças em ouro e pedras preciosas doadas por abastadas famílias. A partir do museu pode-se também apreciar o interior da igreja anexa. Aproveite a tranqüilidade do lugar para curtir cada peça com o cuidado que merece.

Memorial Pontes de Miranda
Localizado no centro da cidade de Maceió, Alagoas. Foi instituído em 1994 pela corte do Tribunal Regional do Trabalho da 19ª Região, com o objetivo de preservar e divulgar a obra do célebre jurista alagoano Francisco Cavalcanti Pontes de Miranda, assim como a história da Justiça do Trabalho de Alagoas. Conta com biblioteca e arquivo, sedia exposições temporárias e realiza atividades culturais. Conserva um conjunto de objetos pessoais que pertenceram a Pontes de Miranda, como sua máscara mortuária, documentos, fotografias insígnias, móveis e outros itens. Também mantém objetos de outras personalidades destacadas em Alagoas. A biblioteca e o arquivo conservam obras jurídicas, livros e fotografias relacionadas à Justiça do Trabalho em Alagoas e à vida e obra de Pontes de Miranda.

Museu dos Esportes
Fundado no dia 08 de agosto de 1993, por seu diretor Lauthenay Perdigão, o museu funciona de segunda a sexta-feira, no horário de 9 às 11h30 e 15 às 17h30. Aos sábado, de 09 às 11:30h. O museu foi batizado com o nome de Edvaldo Alves Santa Rosa (Dida), um alagoano que começou jogando no CSA, se transferiu para o Flamengo onde passou doze anos. Dida foi tri-campeão carioca em 1953/54/55. Na decisão do tri-campeonato, no jogo Flamengo 4 x América 1, Dida fez os quatro gols do Flamengo. Deste clássico o museu guarda a camisa usada por Dida, que se encontra no junto com as faixas do tri-campeonato. Dida também jogou na seleção brasileira de 1958, indo para a copa da Suécia como titular. Atuou na primeira partida contra a Áustria, se contundiu e perdeu o lugar para Pelé.

Museo Théo Brandão
Considerado a maior referência da Cultura Popular Alagoana, o Museu Théo Brandão foi aberto ao público em 2002. O nome é em homenagem ao professor e folclorista Theotônio Brandão Vilela, cuja coleção de arte popular foi doada ao espaço. Nela estão fotografias, folhetos de cordel e livros. O museu expõe ainda objetos da cultura brasileira e de vários países, destacando-se México, Espanha, Portugal e alguns africanos. A maior coleção, porém, é de peças nordestinas, sobretudo alagoanas, entre as quais se destacam as moringas antropomorfas do artista Júlio Rufino e a cerâmica figurativa dos artistas Vitalino e Nô Caboclo. A instituição possui também um arquivo audiovisual e documental com discos, filmes super-8, fitas de vídeo, slides e fitas cassete de antigas manifestações da cultura popular. Às quintas-feiras, às 19h, o museu realiza o “Engenho de Folguedos”, um encontro de grupos folclóricos do estado.

Museu do Instituto Histórico e Geográfico de Alagoas
Instalado em um edifício de finais do século XIX, antiga residência de Américo Passos Guimarães, adquirida em princípios do século XX pelo governo do Estado. No seu interior está guardado um importante acervo de pinturas, documentos históricos, objetos e peças pertencentes aos cultos afro-brasileiros do começo do século XX, sendo a coleção mais completa de todo Brasil

Teatro Deodoro
O Roteiro Virtual está na cidade de Maceió - ALFoi construído entre o ano de 1905 e 1910, sendo inaugurado durante os festejos de 21 anos de proclamação da república, no dia 15 de novembro de 1910 e pertence ao Governo do estado. Está localizado no centro de Alagoas, composto de uma sala de espetáculos em estilo neoclássico com palco italiano, frisas, camarote, poltrona e fosso para orquestra. O Teatro tem capacidade para 690 lugares. A boca de cena mede 9,30 m x 7 m; a profundidade de palco tem 12 m; a altura do urdimento (travejamento do teto e dos sótãos sobre o palco) é de 10 m; o proscênio (distância entre o palco e a platéia) é de 1,80 m e é reto; o fosso da orquestra é móvel.O porão do palco é onde fica o cenário, o teto é detalhado em bronze onde se encontra um belo lustre. O saguão é aproveitado para exposições culturais e o saguão ao lado é onde se realizam coquetéis e shows.

werwre
Conheça mais sobre Maceió
Fotos Maceió
Vista noturna da Praia de Pajuçara - Foto: André Lage Freitas (Licença-cc-by-3.0)Vista noturna da Praia de Pajuçara - Foto: André Lage Freitas (Licença-cc-by-3.0)
A Beleza das Jangadas de Maceió - Foto: André PalmeiraA Beleza das Jangadas de Maceió - Foto: André Palmeira
Farol da Praia de Ponta verde - Foto: André Lage Freitas (Licença-cc-by-4.0)Farol da Praia de Ponta verde - Foto: André Lage Freitas (Licença-cc-by-4.0)
Conheça Maceió
Publicidade