Ocupação Indígena

Ocupação Indígena - Foto: Dominio Público
Ocupação Indígena - Foto: Dominio Público

Desde o século 9, já existiam, na região do alto rio Xingu, grandes aldeias indígenas em formato circular que abrigavam, cada uma, até 2 000 pessoas. Essas aldeias eram cercadas por fossos e paliçadas e eram interligadas entre si por estradas de até quarenta metros de largura, formando uma rede de aldeias que chegou a abrigar, no total, até 50 000 pessoas. Essa rede de aldeias atingiu seu auge no século 13, vindo a desaparecer antes da chegada dos primeiros europeus à região. A maior dessas aldeias recebeu o nome de Kuhikugu.

No século 16, quando os primeiros europeus chegaram à região do atual estado de Mato Grosso, ela era habitada por uma grande diversidade de povos indígenas, pertencentes principalmente a quatro grupos linguísticos: tupi, macro-jê, aruaque e caribe.

Ocupação Indígena - Foto: Dominio Público
Ocupação Indígena - Foto: Dominio Público
 Veja também
A partir da década de 1980, o cultivo da soja introduzido por migrantes da Região Sul do Brasil com apoio do governo federal cresceu enormemente no estado, levando este, na década seguinte, a atingir o primeiro lugar...Saiba mais
Cinco anos antes da proclamação de Independência do Brasil, todas as capitanias se tornaram províncias. O primeiro acontecimento político da época foi a Rusga, em que os grupos políticos liberais e conservadores queriam...Saiba mais
O que hoje conhecemos como Mato Grosso já foi território espanhol, levando-se em conta os limites estabelecidos pelo Tratado de Tordesilhas - pelo qual o Brasil teria menos que 30% de seu atual território. As primeiras...Saiba mais
Destinos Mato Grosso
Publicidade