Chinese (Simplified)EnglishFrenchGermanHindiItalianJapanesePortugueseRussianSpanish
Pontos Turísticos em Dom Feliciano
Vista panoramica da cidade - Foto: Clediney Silva (Licença-cc-by-sa-3.0)
Vista panoramica da cidade - Foto: Clediney Silva (Licença-cc-by-sa-3.0)

Principais Pontos Turísticos de Dom Feliciano:

Casa da Cultura do Imigrante
A utilização de materiais rústicos é composta de madeira e pedra. Como destaque, o telhado proeminente e suas linhas principais, possuem águas subdivididas em duas inclinações, sendo a água da cumeeira de inclinação mais acentuada do que a água do beiral. A Casa da Cultura abriga também o Museu Municipal que contém objetos da imigração polonesa.

Cruz dos Imigrantes
É um marco histórico da chegada dos imigrantes poloneses. Tem um mirante de onde pode-se visualisar toda a cidade. Ao seu lado existe um monumento em homenagem a Nossa Senhora de Czestochowa, a Padroeira da cidade.

Monumento dos Imigrantes
Simboliza a chegada de uma família de imigrantes. No interior do monumento existe uma cápsula especial com documentos e registros sobre a comunidade Dom Felicianense e será aberto 100 anos depois da referida data.

Santuário de Nossa Senhora de Czestochowa
Está localizado no centro da cidade com um altar belíssimo esculpido pelo Sr. Alexandre Szostakowski e com a Via Sacra esculpida em concreto pelo artista Arystarch Kaszkurewicz. O santuário fica aberto diariamente para que os fiéis possam orar pedindo proteção à sua Mãe protetora.

Nos costumes e tradições do povo de Dom Feliciano, até hoje a população mantém certos costumes e tradições entre os poloneses. Na alimentação por exemplo, destaca-se: a “Czarnina”(sopa de sangue de pato), “Golabki”,”Pierogi” (pastel de requeijão), “Chrusciki” (calça virada”),”Placek” (cuca), “Bigos” , “Pierniczki Drobne” ( docinhos para Natal).

O polonês é um povo extremamente católico e mostra essa religiosidade na fé em Nossa Senhora de Czestochowa, a Padroeira da cidade.A imagem se encontra em todos os lares das famílias da comunidade.

Na época da Páscoa a Casa da Cultura do Imigrante favorece o concurso de “Pisanki” (antiga tradição polonesa que utiliza diversas técnicas de pintura em ovos).Este evento é realizado anualmente com as Escolas Municipais e Escola Estadual.

No Natal realiza-se a “Cerimônia de Oplatek” (Antiga e tradicional cerimônia polonesa onde se partilha o pão Ázimo: “Oplatek”). Uma expressão maior de fraternidade entre os seres humanos.

 

Conheça mais sobre Dom Feliciano
Destinos Rio Grande do Sul
Publicidade