Pontos Turísticos em Araxá
Serras verdes Camanducaia - Foto: Sergio Mourão Setur-Mg
Serras verdes Camanducaia - Foto: Sergio Mourão Setur-Mg

Araxá é bem procurada para a prática de atividades de aventura. A pequena cidade é uma das portas de entrada para o Parque Nacional da Serra da Canastra, repleto de cachoeiras, paredões de pedra e trilhas pela mata. Para recuperar as energias pós-caminhadas, prove os doces de Dona Joaninha e de Dona Ana.

Os destaque ficam por conta do tronquinho - feito com amendoim -, da ambrosia e das frutas cristalizadas.A cidade vai mais além de suas águas termais, carro-chefe do turismo; em uma visita a Araxá, os turistas se encantam com suas belezas e lugares fascinantes, que envolvem uma história repleta de lendas e fatos que retratam os sertões da região.

Há também diversas atrações que homenageiam Dona Beja, uma mulher que serviu como influência para grande parte da sociedade de sua época, além de destinos para quem gosta de turismo religioso e rural. Se você está em busca de um destino que proporciona descanso, diversão e contato com a natureza.

Principais Pontos Turísticos Araxá:

Fonte Dona Beja
Nomeada em homenagem à personagem da história mais famosa de Araxá, segundo a lenda, a Fonte Dona Beja fica exatamente no mesmo local em que a mulher banhava-se. Aliás, como contam os moradores, deve-se aos banhos na água mineral radioativa da fonte a beleza e jovialidade da moça. Deixando a lenda um pouco de lado, a fonte está situada entre rochas vulcânicas em uma gruta estilizada em forma de emanatório, de onde brota a água radioativa e mineral.

Quem visita a fonte depara-se ainda com uma decoração formada de belos azulejos brancos e azuis, pintados à mão, retratando cenas de banho de Dona Beja. A bela paisagem vista através dos mirantes da fonte são outra atração. Para aqueles que querem provar as qualidades da água mineral radioativa, há um conjunto de 12 duchas em cascata, em frente à Fonte Dona Beja, que proporcionam aos visitantes uma massagem saudável, para repor as energias.

Museu Histórico de Araxá Dona Beja
Outro local que leva o nome da personalidade feminina da cidade é o Museu Histórico de Araxá Dona Beja, localizado em um antigo casarão, na parte antiga da cidade. Tombado como patrimônio histórico de Araxá, dizem que Anna Jacintha de São José, a Dona Beja, teria morado ali. Sua edificação é do começo do século 19, com características da arquitetura do período colonial mineiro; em sua fachada há seus portas, oito sacadas com vista para a rua e grandes janelas.

Até ser adquirido por Assis Chateaubriand, o Chatô, o local serviu como residência e comércio. Após a venda, em 1965, ano de centenário da cidade, a construção passou a sediar o Museu Histórico de Araxá. Em seu acervo atual há diversos objetos e móveis que contam a história da cidade, como peças indígenas, oratórios, louças, documentos históricos, liteira, móveis do período imperial e obras contemporâneas. A ilustre Dona Beja tem destaque: no segundo piso fica o “Quarto de Beja”, com grande parte do mobiliário formado por peças do século 19.

Igreja Matriz de São Sebastião
A Igreja Matriz de São Sebastião é uma das maiores riquezas do patrimônio histórico de Araxá. Construída nas primeiras décadas do século 19, possui um estilo simples, típico da região, com influência jesuíta e linhas arquitetônicas despojadas. Sua simplicidade pode ser vista no acabamento rústico, no teto com telhas à mostra e colunas de sustentação feitas com sólidos troncos de madeira.

Desde sua inauguração em 1804, a igreja passou por diversas mudanças, como em 1842, quando o confronto político armado da Revolução de 42 pôs abaixo uma de suas torres. Em 1978 a construção foi totalmente descaracterizada, com as paredes externas revestidas de pedras e as telhas escondidas por forro.

Igreja Matriz de São Sebastião
Após um movimento feito pelos habitantes da cidade, o local foi restaurado, devolvendo à igreja formas mais próximas às originais. Em seu altar estão duas esculturas feitas por Bento Antônio Boa Morte, um Cristo morto e um São Sebastião flechado. Há também imagens de Nossa Senhora das Dores e São Francisco.

 

Conheça mais sobre Araxá
Destinos Minas Gerais
Publicidade