Marujada de Bragança

Marujada - Foto-Mundo da Dança
Marujada - Foto-Mundo da Dança

Trata-se de um auto dramatizado, onde predomina o canto sobre a dança. Há uma origem comum entre a Marujada de Bragança no Pára e a Irmandade de São Benedito. Quando os senhores brancos atenderam ao pedido de seus escravos para a organização de uma Irmandade, foi realizada a primeira festa em louvor a São Benedito. Em sinal de reconhecimento, os negros foram dançar de casa em casa para agradecer a seus benfeitores.

A Marujada é constituída quase exclusivamente por mulheres, cabendo a estas a direção e a organização. Os homens são tocadores ou simplesmente acompanhantes. Não há número limitado de marujas, nem tão pouco há papéis a desempenhar. Nem uma só palavra é articulada, falada ou cantada como auto ou como argumentação. Não há dramatização de qualquer feito marítimo. A Marujada de Bragança é estritamente caracterizada pela dança, cujo motivo musical único é o retumbão.

 Veja também
No início, eles davam voltas pela Praça da República, o mais democrático espaço de Belém. Entoavam e cantavam o 'boi-bumbá'. Sempre na quadra junina. Ao longo dos anos, o número de simpatizantes aumentou. Tudo isso começou há...Saiba mais
O colonizador europeu pisou forte quando chegou à Amazônia. Impôs sua cultura, querendo reproduzi-la tal e qual em seus países de origem. Mas o povo que se formou na região reinventou as influências européias, edificando o próprio...Saiba mais
A exceção aos 'rigores' da tradição pode ser verificada no município de São Caetano de Odivelas, a 104 km de Belém. Entre as principais características dos 'bois' do município estão o ritmo, as máscaras dos figurantes e a ausência de enredo...Saiba mais
Destinos Pará
Publicidade