Marujada de Bragança

Marujada - Foto-Mundo da Dança
Marujada - Foto-Mundo da Dança

Trata-se de um auto dramatizado, onde predomina o canto sobre a dança. Há uma origem comum entre a Marujada de Bragança no Pára e a Irmandade de São Benedito. Quando os senhores brancos atenderam ao pedido de seus escravos para a organização de uma Irmandade, foi realizada a primeira festa em louvor a São Benedito. Em sinal de reconhecimento, os negros foram dançar de casa em casa para agradecer a seus benfeitores.

A Marujada é constituída quase exclusivamente por mulheres, cabendo a estas a direção e a organização. Os homens são tocadores ou simplesmente acompanhantes. Não há número limitado de marujas, nem tão pouco há papéis a desempenhar. Nem uma só palavra é articulada, falada ou cantada como auto ou como argumentação. Não há dramatização de qualquer feito marítimo. A Marujada de Bragança é estritamente caracterizada pela dança, cujo motivo musical único é o retumbão.

 Veja também
A exceção aos 'rigores' da tradição pode ser verificada no município de São Caetano de Odivelas, a 104 km de Belém. Entre as principais características dos 'bois' do município estão o ritmo, as máscaras dos figurantes e a ausência de enredo...Saiba mais
O Círio de Nazaré, em devoção a Nossa Senhora de Nazaré, é a maior manifestação religiosa Católica do Brasil e um dos maiores eventos religiosos do mundo, reunindo cerca de dois milhões de pessoas em todos os cultos e procissões...Saiba mais
Com o passar dos anos a festividade incorporou elementos profanos e atualmente é um notável produto turístico da região com a disputa entre os botos Tucuxi e Cor de Rosa que acontece no ÇairódromoSaiba mais
Destinos Pará
Publicidade