Historia de Auckland
Catedral de Auckland - Foto: Chewypineapple (Licença-cc-by-sa-2.0)
Catedral de Auckland - Foto: Chewypineapple (Licença-cc-by-sa-2.0)

Depois da assinatura do Tratado de Waitangi, no início da década de 1840, o governador da colónia inglesa, William Hobson, teve que eleger uma capital para a colônia. Até então, a capital efectiva era Kororareka, na atualidade chamada Russell, em Bay of Islands ('Baía das Ilhas'). Sem dúvida, Kororareka estava muito longe do resto do país e tinha uma má reputação devido ao alcoolismo e imoralidade dos seus habitantes.

Com base nos conselhos do missionário Henry Williamson, Hobson elegeu a praia sul do porto natural de Waitemata como nova capital. Adquiriu-se a terra necessária aos seus proprietários (a tribo maori dos Ngati Whatua), e a cerimónia de fundação teve lugar às 13 horas de 18 de Setembro de 1840. Hobson escolheu o nome em honra de George Eden, primeiro duque de Auckland, seu protector e amigo.

Finalmente, em 1865, a capital mudou-se para Port Nicholson, mudando o nome para Wellington. As vantagens de uma posição central tornaram-se óbvias quando a Ilha do Sul cresceu em prosperidade e com a descoberta de ouro em Otago e o desenvolvimento da criação de ovelhas e a refrigeração.

Fonte: Wikipédia

 

Conheça mais sobre Auckland
Destinos Nova Zelandia
Publicidade