Lagos

Lago Remanso do Boto (Manaus) Foto: Paulo Cattelan (Licença: CC-BY-SA-3.0)
Lago Remanso do Boto (Manaus) Foto: Paulo Cattelan (Licença: CC-BY-SA-3.0)

Considerado um dos maiores desastres ambientais da Amazônia, o Lago de Balbina é resultante da inundação de mais de 2.500 quilômetros quadrados de floresta para a construção da usina hidrelétrica de mesmo nome, durante a década de 80. O empreendimento se mostrou desastroso tanto do ponto de vista econômico como ambiental.

Com investimentos da ordem de US$1 bilhão, a usina já nasceu obsoleta, gerando uma quantidade irrisória de energia que não era capaz de atender nem sequer um terço de Manaus na época. Para piorar, as árvores não foram retiradas do local antes da inundação, o que resultou em milhões de troncos ressecados que até hoje emergem das águas.

Toda essa vegetação morta gera atualmente uma quantidade de gases de efeito estufa equivalente à metade daqueles produzidos pelos carros da cidade de São Paulo. Para mais informações sobre o caso, leia esta matéria do Jornal Estadão.

 Veja também
O Rio Amazonas, localizado na América do Sul, é o segundo rio mais extenso do mundo, com 6 992,06 km e mais de mil afluentes, sendo de longe o com maior fluxo de água por vazão, com uma média superior que...Saiba mais
São mais de 150 quedas d'água no território amazonense, segundo dados do Ministério do Turismo. Além, de outra dezena de grutas e cavernas que parecem saídas das telas do cinema. A região é perfeita para quem...Saiba mais
A Caverna Refúgio do Maroaga é um dos lugares mais fascinantes de Presidente Figueiredo, no estado do Amazonas. Segundo a lenda, Maroaga foi um grande cacique da tribo dos Waimiri-Atroari, os quais deram bastante dor...Saiba mais
Destinos Amazonas
Publicidade