Chinese (Simplified)EnglishFrenchGermanHindiItalianJapanesePortugueseRussianSpanish

Sua Historia

Historia do Piauí - Foto/Reprodução: Tio Michael
Historia do Piauí - Foto/Reprodução: Tio Michael

O Chico Piauí foi povoado por muitas tribos indígenas antes da chegada dos portugueses ao Brasil, dentre elas, destacam-se os tremembés, que viviam próximos ao litoral e ao Rio Parnaíba. A exploração do Piauí aconteceu devido a presença de bandeirantes, como Domingos Jorge Velho e Domingos Afonso Mafrense, que tornaram-se proprietários de amplas terras no Piauí. Posteriormente, o Piauí tornaria-se uma Capitania em 1758, com a capital em Oeiras, embora a sociedade piauiense não tenha mudado muito com a elevação à condição de Capitania, o território piauiense ainda era dominado pelas fazendas de gado, e havia poucas vilas. Com a Independência e o Império do Brasil, o Piauí passou a ser governado por oligarquias rurais, que continuariam a governar até o início da República. O Piauí na segunda metade do século XX, passou a crescer economicamente, principalmente Teresina, que recebeu muitos investimentos estrangeiros e nacionais (vindos principalmente do Sudeste e do Sul do Brasil).

República Velha:

O primeiro governador do Piauí foi Gregório Taumaturgo de Azevedo, que governou até 1891, criou as vilas de Luzilândia, Natal e Aparecida e elevou Campo Maior, União, Barras, Piracuruca e Jaicós à categoria de cidade. O Piauí republicano seria marcado pelas seguintes características: declínio da Pecuária; crise e fim da navegação a vapor no rio Parnaíba; construção das primeiras rodovias e ferrovias; início do ciclo da maniçoba.

Gregório Taumaturgo de Azevedo foi sucedido por Gabriel Luís Ferreira, mas este foi logo deposto devido à queda do Marechal Deodoro da Fonseca. O Marechal Floriano Peixoto nomeou o Coronel João Domingos Ramos, mas este teve um governo demasiado efêmero, de 29 de dezembro de 1891 a 11 de fevereiro de 1892. Este, por determinação de Floriano Peixoto, é substituído pelo Capitão Coriolano de Carvalho e Silva.

Outros governadores do período foram: Raimundo Artur de Vasconcelos, Arlindo Francisco Nogueira, Álvaro Assis Osório Mendes, Antônio Freire da Silva, Miguel de Paiva Rosa, João Luís Ferreira, Matias Olímpio de Melo e João de Deus Pires Leal. Foi no governo de Matias Olímpio de Melo que a Coluna Prestes passou pelo Piauí. João de Deus Pires Leal foi o último governador do período sendo deposto e preso por ocasião da Revolução de 1930.

Movimentos Abolicionistas:

A escravidão de negros não foi tão grande no estado do Piauí, se comparada à escravidão praticada em outros estados. Depois da Lei Eusébio de Queiroz (1850) proíbe o tráfico de escravos, da África para o Brasil, estimulando o tráfico interno de escravos.

Apareceram a partir da década de 1870, muitas Sociedades Abolicionistas. Essas Sociedades abolicionistas atuaram em municípios como Barras, Jaicós, Luís Correia, Parnaíba e Teresina. Jaicós foi o primeiro município piauiense a decretar o fim do sistema escravista em 13 de junho de 1884.

 

 

Fonte: Wikipédia

 Veja também
Na década de 1860, apareceu o Partido Liberal Radical, fruto de uma cisão com o Partido Liberal, o novo partido reivindicava a abolição da escravidão, maior autonomia para as províncias e a extinção do Poder...Saiba mais
As províncias do norte do Brasil mantinham melhores ligações políticas e comerciais com a metrópole portuguesa do que ao Rio de Janeiro, devido às facilidades da navegação e os interesses que os...Saiba mais
Destinos Piauí
Publicidade