O que fazer em Sousa
Entrada do Vale dos Dinossauros - Foto: Marcos Elias de Oliveira Junior (Licença-Dominio publico)
Entrada do Vale dos Dinossauros - Foto: Marcos Elias de Oliveira Junior (Licença-Dominio publico)

Na bela cidade de Sousa, existem inúmeros atrativos turísticos a serem explorados e dentre esses, selecionamos os quais consideramos como os mais importantes, além de interessantes:

Complexo Vale dos Dinossauros
O Complexo “Vale dos Dinossauros”, e toa sua infraestrutura física para visitação, é ponto de partida para a mais pura emoção e aventura. Reconhecido mundialmente, o Vale dos Dinossauros é o sítio paleontológico referencial em pegadas fossilizadas, para pesquisadores, turistas, estudantes, ecologistas do Brasil e de outros países. O Vale dos Dinossauros compreende uma área de 700km2 e abrange Sousa e mais 10 municípios da Região. São aproximadamente 30 localidades em que se registram pegadas fossilizadas de mais de 50 espécies em cerca de 20 níveis estratigráficos, datadas de 120 a 60 milhões de anos, conservadas pela fossilização de arenito e lama petrificada. As pegadas variam de 5 cm até 40 cm de diâmetro.

Datam do século passado os primeiros contatos com pegadas de dinossauros encontradas às margens do Rio do Peixe na localidade denominada Passagem das Pedras, distante 6 km da Sede do Município. Moradores da localidade acreditavam serem aquelas pegadas de bois e emas. Já pesquisadores de outros países retiravam amostras para estudos. Foi em 1920 que o Geólogo Luciano Jacques de Morais, reconheceu aquelas pegadas como sendo de dinossauros e as identificou e registrou em sua obra “Serras e Montanhas do Nordeste”, 3° volume – 1924.

Só a partir de 1975, a icnologia – estudo de pegadas fósseis, voltou a ser desenvolvida em todo o Brasil. Através do CNPQ e Fundação Mirian Benevides Gadelha, é convidado o padre geógrafo e paleontológico, natural da Itália, Giuseppe Leonardi, que empreendeu a mais ampla e sistemática exploração de todo o Vale dos Dinossauros. As pesquisas e todo o Projeto são paralisados em 1988. Porém o amplo acervo pesquisado pelo professor Giuseppe ficou preservado.

Em 1999 é implantado o Complexo Turístico Vale dos Dinossauros, através do Governo Federal, estadual e Prefeitura de Sousa. Nova Revitalização, com obras de recuperação da infraestrutura, esta sendo implantada, atualmente, através do Governo do Estado, resgatando ao Vale a sua condição de área para pesquisa científica e visitação turística, reconhecido como um dos mais importantes sítios paleontológicos do Brasil e um dos principais do mundo em pegadas fossilizadas.

Açude de São Gonçalo
Distante 15 km da sede do município, foi construído em 1919 e concluído em 1932 e faz parte do complexo hídrico do Perímetro Irrigado de São Gonçalo. É um dos pontos turísticos mais atraentes da Região. Muita área verde, povo hospitaleiro e belezas naturais acolhem o turista que pode apreciar o belíssimo pôr-do-sol, as belezas naturais e suas edificações históricas.

Estátua de Frei Damião
No ponto mais alto da cidade, denominado serrote da Benção de Deus, na estrada para o Lastro, há 3 km da Sede, está erguida uma estátua de aproximadamente 6,50 metros, construída em 1976 pelo então Prefeito Gilberto Sarmento em homenagem a Frei Damião, tornando-se ponto de afluência de seus devotos. Frei Damião nasceu em 05 de novembro de 1898 na Itália. Chega ao Brasil em 1931 como missionário da Ordem Franciscana. Veio a falecer no dia 31 de Maio de 1997 na cidade do Recife – PE.

Conheça mais sobre Sousa
Destinos Paraíba
Publicidade