História de Vitoria do Mearim
Vitoria do Mearim - Foto: Portal Vitoria do Mearim
Vitoria do Mearim - Foto: Portal Vitoria do Mearim

Vitória do Mearim emancipou-se politicamente em 19 de abril de 1833 e, um ano após sua emancipação, em 1834, teve sua primeira eleição para vereador e Intendente (antigo cargo referente ao de prefeito), sendo eleito Bernardo José Nogueira, como o primeiro administrador do lugar. Vários municípios do Maranhão foram desmembrados de Vitória do Mearim como Arari, Anajatuba, São Luis Gonzaga do Maranhão, parte de Barra do Corda, Bela Vista do Maranhão, Igarapé do Meio e Conceição de Lago Açú.

No decorrer da sua história teve vários nomes: Nossa Senhora de Nazaré do Mearim, Ribeira do Mearim, Vila do Mearim, Baixo Mearim, até que em 1948, passou a se chamar definitivamente de Vitória do Mearim. Localizada na região Norte do Maranhão, na Microrregião da Baixada Maranhense, à margem esquerda do rio Mearim, o município vitoriense revelou grandes personalidades para o Estado e para o Brasil como Trajano Galvão, o primeiro poeta negreiro do país, anterior a Castro Alves; Artur Lopes Gonçalves, sacerdote; Ana Bogéa Gonçalves, primeira professora normalista do município; Bartolomeu do Santos, o notável “Coxinho”, cantador de toadas de bumba-meu-boi, dentre outros.

Hodiernamente, Vitória continua revelando grandes personalidades e intelectuais. Podemos citara Washington Cantanhêde, promotorde justiça, historiador e escritor, o maior intelectual daquela gleba; Airton Marinho, artista plástico de renome no Maranhão; Agnor Lincoln da Costa, poeta e advogado; Paulo de Tarso Barros, escritor e poeta; Arimatéia Coelho, professor e poeta, dentre outros notáveis.

Conheça mais sobre Vitoria do Mearim
Destinos Maranhão
Publicidade