Historia de Durban
Vista panorâmica da cidade - Foto: Vince Smith
Vista panorâmica da cidade - Foto: Vince Smith

Evidências arqueológicas das montanhas Drakensberg sugerem que a área de Durban foi habitada por comunidades de caçadores-coletores desde 100.000 a.C. Essas pessoas viviam em toda a área da atual KwaZulu-Natal até que a expansão de agricultores e pastores bantus do norte forçaram seu deslocamento, incorporação ou extermínio gradual.

Pouco se sabe sobre a história dos primeiros moradores, já que não há registros históricos da região até ela ser avistada pelo explorador português Vasco da Gama, que navegou paralelamente à costa KwaZulu-Natal na Quadra Natalícia de 1497, enquanto procurava uma rota entre a Europa e a Índia. Ele nomeou a área de 'Natal'. 

A moderna cidade de Durban data de 1824, quando um grupo de 25 homens sob as ordens do tenente britânico F. G. Farewell chegaram da Colônia do Cabo e estabeleceram um assentamento na costa norte da Baía de Natal, perto da atual Praça Farewell. Um aventureiro chamado Henry Francis Fynn acompanhou a expedição de Farewell e foi capaz de estabelecer amizade com o rei Shaka Zulu, ajudando-o a se recuperar de uma facada que sofreu durante uma batalha. Como um símbolo de gratidão de Shaka, ele concedeu a Fynn um '30 milhas [50 km] de costa a cem milhas [160 km] de profundidade.'

Durante uma reunião de 35 residentes europeus no território de Fynn em 23 de Junho 1835, decidiu-se construir uma cidade e nomeá-la 'd'Urban' em homenagem a Sir Benjamin D'Urban, então governador da Colônia do Cabo.

Fonte: Wikipédia

Conheça mais sobre Durban
Destinos Africa do Sul
Publicidade