História de Cidade do Cabo
Centro Financeiro - Foto: Andrew Massin
Centro Financeiro - Foto: Andrew Massin

Os indícios mais antigos de ocupação humana na região foram encontrados nas Grutas de Peers, em Fish Hoek, datando de cerca de 10 000 a.C. Pouco se sabe sobre os primeiros habitantes devido à escassez de documentos. A primeira vez que a cidade foi referida de modo escrito foi durante a Era dos Descobrimentos, quando o explorador português Bartolomeu Dias passou pelo local em 1486. Onze anos mais tarde, em 1497, outro explorador português, Vasco da Gama, também navegou perto do local.

O contacto permanente com a Europa começou apenas em 1652, quando uma delegação da Companhia Holandesa das Índias Orientais, liderada por Jan van Riebeeck aí estabeleceu um porto marítimo de apoio às viagens para as Índias Orientais Neerlandesas. Nessa época, a cidade cresceu lentamente, sobretudo devido à falta de mão de obra na zona; contudo, foram importados escravos da Indonésia e de Madagascar para ajudar no desenvolvimento local.

Durante a Revolução Francesa e as Guerras Napoleónicas, a Holanda, país europeu que controlava a Cidade do Cabo, foi ocupada várias vezes pela França, deixando, por isso, a colônia africana desprotegida. O Reino Unido aproveitou a ocasião e ocupou o território em 1795. Contudo, um tratado assinado entre estes dois países determinou que a cidade voltaria para o comando holandês, em 1803. Apesar do acordo, três anos depois, em 1806, o Reino Unido voltou a invadir o local, ocupando-o definitivamente. Um tratado assinado em 1814 declarou que a Holanda cedia permanentemente a cidade ao domínio britânico. A partir desse momento, a Cidade do Cabo passou a ser a capital da Colônia do Cabo, território ultramarino do Reino Unido.

A Cidade do Cabo foi a 'casa' de muitos dos líderes de movimentos antiapartheid. Na ilha Robben, a 10 km da costa da cidade, estava edificada uma prisão para presos políticos onde estiveram em cativeiro alguns dos mais famosos activistas desses movimentos. Num dos mais famosos momentos que ditaram o final do Apartheid, Nelson Mandela fez o seu primeiro discurso público em décadas, no dia 11 de fevereiro de 1990, da varanda principal do edifício da Câmara Municipal da Cidade do Cabo horas depois de ter sido libertado da prisão na ilha Robben. O seu discurso foi início de uma nova era para o país, e as primeiras eleições livres foram levadas a cabo quatro anos depois, em 1994, no dia 27 de abril.

Fonte: Wikipédia

 

Conheça mais sobre Cidade do Cabo
Destinos Africa do Sul
Publicidade