O Turismo Acessível tem experiências bem sucedidas

 05/06/2016  |  Postado por: Ramon Andrade

Cerca de 45 milhões de brasileiros apresentam algum tipo de deficiência, o que corresponde à 23,9% da população do país, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Destes, 3,6% têm deficiência visual e 1,1% deficiência auditiva. Trata-se de uma parcela significativa de pessoas que ainda vive com pouco acesso à maioria dos produtos culturais oferecidos em museus e exposições. Entretanto, algumas experiências de inclusão por meio de atendimento qualificado em Língua Brasileira de Sinais (LIBRAS) - para os surdos - e audiodescrição e equipamentos táteis para os cegos ou pessoas com baixa visão têm mostrado a importância do turismo acessível.

O servidor público Luciano Pacheco visitou, no Museu Nacional da República, em Brasília, a exposição A arte monumental de Marianne Peretti. Luciano ficou muito satisfeito com o serviço oferecido em audiodescrição, essencial para que pessoas cegas como ele possam experimentar a arte da criadora de obras monumentais como os vitrais da Catedral de Brasília. “Esta é uma experiência que deve se tornar cada vez mais corriqueira na vida dos museus”. Sobre o processo de construir as imagens mentais das obras artísticas a partir dos textos descritivos, ele revela: “A gente se sente coautor da obra, junto com o artista”, relata sobre a experiência.

GUIA TURISMO ACESSÍVEL - O Ministério do Turismo investiu nos últimos anos mais de R$ 75 milhões em obras de acessibilidade, além de apoiar a qualificação e capacitação de profissionais para atender turistas com deficiência.  Como parte do Programa Turismo Acessível, a Pasta disponibiliza o Guia do Turismo Acessível, site colaborativo onde os internautas podem avaliar a acessibilidade de hotéis, restaurantes e atrações diversas, em português, espanhol e inglês.

Até o momento, o site obteve mais de 440 mil acessos e 700 avaliações. Por tratar-se de um guia colaborativo, quanto maior o número de avaliações, mais completo será. O Guia Turismo Acessível também está disponível por meio de aplicativo para dispositivos móveis, nos três idiomas, e pode ser baixado gratuitamente na loja da Windows Phone, Apple Store e Google Play.

Fonte: Mintur
Foto: Mao.org.br

Por: Ramon Andrade
Salvador / BA
Diretor Geral do Visite o Brasil.
Cadeirante em avião - Reprodução: Folha de São Paulo
Acessibilidade em aeroporto - Foto: Divulgação Banda B
Cadeirante (Alemanha) Foto: Frederico Rios
Acessibilidade em aeroporto Foto: Divulgação Sac-Pr
VER TODAS MATÉRIAS
Publicidade