MTur quer ampliar participação da iniciativa privada nas ações de promoção

 01/10/2018  |  Postado por: Redação Visite o Brasil
Baianas - Foto: Rosilda Cruz - Bahiatursa
Baianas - Foto: Rosilda Cruz - Bahiatursa

Durante a reunião, a diretora do MTur fez um balanço sobre as ações do Ministério do Turismo na ABAV Expo, ressaltando que a estratégia adotada para o evento remete ao fortalecimento da parceria entre o governo e o setor produtivo. 

A próxima campanha de promoção dos destinos brasileiros para o mercado interno, a ser lançada ainda este ano, será elaborada com a participação das entidades representativas do setor de turismo. A decisão é um dos resultados da primeira reunião da Câmara Temática de Marketing e Apoio à Comercialização do Turismo, ocorrida nesta sexta-feira (28) durante a 46ª Abav Expo Internacional, em São Paulo.

A câmara, que tem coordenação técnica do Ministério do Turismo, surge como uma instância para integrar iniciativa pública e privada com o objetivo de desenvolver estratégias de comunicação e marketing para a promoção dos destinos brasileiros. “Vamos elaborar em curto prazo um plano de ação e ativação que vai nos orientar sobre como vender os destinos de forma costumizada, contemplando os diversos segmentos da atividade turística”, explicou a diretora de Marketing e Apoio à Comercialização do MTur, Vanessa Mendonça.

O coordenador-geral da Câmara Temática, José Osório Naves, da Confederação Nacional de Turismo (CNTur), disse que o grupo terá também como foco identificar os gargalos que impedem que as campanhas promocionais tenham efetividade e influenciem no aumento do fluxo turístico no país. “Hoje as campanhas visam o geral; vendemos o país e não os destinos. Se não mudarmos o foco continuaremos derrapando na casa dos 6 milhões de visitantes internacionais”, pontuou.

Durante a reunião, a diretora do MTur fez um balanço sobre as ações do Ministério do Turismo na ABAV Expo, ressaltando que a estratégia adotada para o evento remete ao fortalecimento da parceria entre o governo e o setor produtivo. Ela citou como exemplo o Estúdio do MTur, onde ocorreram 20 entrevistas com representantes dos diversos segmentos, instituições públicas e entidades do turismo abordando as principais pautas do setor, como parques nacionais e temáticos; turismo náutico, LGBT, patrimônios históricos, qualificação profissional, geração de empregos, entre outros.

A Câmara Temática é composta por entidades membros do Conselho Nacional de Turismo (CNT), mas está aberta a outras que se interessarem em participar deste debate, conforme assegurou Vanessa Mendonça.

Mtur
Edição: Vanessa Sampaio

 

Por: Redação Visite o Brasil
Salvador / BA
TAGS:  ,  
VER TODAS NOTICÍAS
NOTICÍAS
Publicidade