Chinese (Simplified)EnglishFrenchGermanHindiItalianJapanesePortugueseRussianSpanish

MTur e IFB promovem oficina para impulsionar turismo gastronômico no Brasil

 23/05/2021  |  Postado por: Redacao Visite o Brasil
Crédito: Roberto Castro/MTur
Crédito: Roberto Castro/MTur

Para o ministro do Turismo, Gilson Machado Neto, o turismo gastronômico tem cada vez mais motivado viagens e atraído a atenção de países ao redor do mundo, que procuram se posicionar como destinos gastronômicos. Dados da Organização Mundial do Turismo (OMT), apontam que a gastronomia é o terceiro maior impulsionador de viagens no mundo.

A partir da próxima segunda-feira (24.05) especialistas em turismo e gastronomia de todo o país se reúnem para discutir desafios e oportunidades para fortalecer e impulsionar o turismo gastronômico brasileiro. De forma inédita, a programação contará com experiências inspiradoras no Brasil e em Portugal que devem contribuir para o aperfeiçoamento do Programa Nacional de Turismo Gastronômico. A iniciativa é do Ministério do Turismo em parceria com o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Brasília (IFB).

O encontro online ocorrerá entre os dias 24 e 28 de maio. A abertura da oficina “Desafios e Oportunidades para o Turismo Gastronômico no Brasil” poderá ser acompanhada pelo público em geral por meio do canal no YouTube da TV IFB, de forma gratuita. Para acompanhar a transmissão na próxima segunda-feira, entre 09h30 e 11h, clique AQUI.

Para o ministro do Turismo, Gilson Machado Neto, o turismo gastronômico tem cada vez mais motivado viagens e atraído a atenção de países ao redor do mundo, que procuram se posicionar como destinos gastronômicos. Dados da Organização Mundial do Turismo (OMT), apontam que a gastronomia é o terceiro maior impulsionador de viagens no mundo.

“Aqui no Brasil não podemos nos furtar a oportunidade de direcionar estratégias para o desenvolvimento e promoção do turismo gastronômico e, ao mesmo tempo, destacar as identidades regionais e promover o desenvolvimento econômico e o patrimônio local dos nossos destinos. Somos um país com sabores e temperos únicos. Temos um potencial enorme para nos destacar no cenário mundial e é para isso que temos trabalhado, unindo esforços com outros atores e elaborando projetos que consigam transformar todo esse potencial em realidade”, afirma Gilson Machado Neto.

No Brasil, a gastronomia movimenta cerca de R$ 250 bilhões por ano, segundo cálculos da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel). E é um dos itens mais bem avaliados por estrangeiros em visita ao Brasil; 8 em cada 10 turistas internacionais aprovaram a gastronomia brasileira em 2019, segundo estudo realizado pelo Ministério do Turismo com visitantes internacionais (Demanda Turística Internacional). Este fato, por si só, já demonstra o potencial do Brasil para atração de mais estrangeiros no cenário pós-pandemia.

O secretário nacional de Desenvolvimento e Competitividade do Turismo do Ministério do Turismo, William França, aponta que a oficina deve subsidiar tecnicamente o avanço deste segmento no país e orientar políticas públicas ao elencar oportunidades e estratégias de promoção de destinos gastronômicos.

“Queremos auxiliar o segmento com pesquisas, dados e diagnóstico dos produtos gastronômicos ofertados pelo Brasil em cada uma de suas cinco macrorregiões. E, ainda, reunir as principais tendências, definir orientações quanto ao desenvolvimento do turismo gastronômico e promover a capacitação para gestores de turismo. E desta forma, posicionar o Brasil como destino gastronômico internacional”, conta William França.

 

Mtur
Amanda Costa

Por: Redacao Visite o Brasil
Salvador / BA
TAGS:  ,  
VER TODAS NOTICÍAS
NOTICÍAS
Publicidade