Exploração sexual é crime! Painéis nos aeroportos trazem alerta aos turistas

 06/09/2016  |  Postado por: Ramon Andrade
Campanha contra Exploração Sexual - Foto: Paulino Menezes
Campanha contra Exploração Sexual - Foto: Paulino Menezes

De olho no grande fluxo de turistas que circulam pelo país em virtude dos Jogos Olímpicos - encerrado no último dia 21 - e Paralímpicos, que serão abertos no próximo dia 07 de setembro, o Ministério do Turismo com o apoio da Infraero iniciou uma campanha de combate à exploração sexual de crianças e adolescentes. Trata-se de um vídeo em inglês, português e espanhol que alerta para o fato de que a exploração sexual de crianças e adolescentes é crime e orienta que as denúncias sejam feitas no Disque 100.

O vídeo está sendo veiculado nos espaços de mídia junto aos painéis de informação sobre os horários de chegadas e partidas dos voos. Fazem parte da ação, os aeroportos administrados pela Infraero nas cinco cidades que receberam o futebol olímpico - Santos Dumont (RJ), Congonhas (SP), Manaus (AM), Belo Horizonte (BH) e Salvador (BA) -, além de Foz do Iguaçu, porta de entrada de turistas internacionais, e Porto Alegre, que recebe muitos turistas do Mercosul.

“Esse trabalho desenvolvido pelo MTur contou com a parceria fundamental da Infraero e permanecerá nos aeroportos até o final dos Jogos Paralímpicos com o objetivo de informar e alertar que a exploração sexual de crianças e adolescentes é considerada um crime hediondo de acordo com a lei 12.978 de 2014. Vamos aproveitar esse momento de grande movimentação nos aeroportos para reforçar essa mensagem que é tão importante”, esclarece a coordenadora-geral de Sustentabilidade do Ministério do Turismo, Isabel Barnasque.

OUTRAS AÇÕES -  Além da ação nos painéis dos aeroportos, a parceria com a  Infraero contempla, ainda, a divulgação,  nas  referidas mídias dos aeroportos , do endereço do Cadastur,  para despertar o interesse do turista consumidor em acessar o site e obter informações sobre os prestadores de serviços  turísticos formalizados junto ao MTur.

A Pasta promoveu palestras de sensibilização junto aos prestadores de serviço turístico, especialmente no Rio de Janeiro, no período anterior à competição, bem como a distribuição do Manual do Multiplicador, em forma digital, com informações e orientações sobre legislação específica e ações de combate a esse crime.

O Ministério do Turismo também distribuiu informe e alerta para cerca de 59 mil prestadores de serviço turístico registrados no Sistema de Cadastro de prestadores de serviço turísticos - Cadastur. O material chama atenção para a Lei 11.577/2007   que obriga a exposição da mensagem “Exploração Sexual e tráfico de Crianças e Crime Adolescentes é crime, denuncie” em três idiomas: inglês, espanhol e português. Para auxiliar os estabelecimentos, o MTur encaminhou o modelo de placa com a mensagem conforme determina a Lei.

Fonte: Mintur

Por: Ramon Andrade
Salvador / BA
Diretor Geral do Visite o Brasil.
TAGS:  ,  
VER TODAS NOTICÍAS
NOTICÍAS
Publicidade