Escunas clandestinas em Salvador oferecem passeio ilegal para as ilhas

 28/12/2016  |  Postado por: Ramon Andrade
Embarque em escuna
Embarque em escuna

Donos de algumas escunas estão oferecendo passeio às ilhas a preços fora da realidade dos normalmente praticados por empresas idôneas, contudo, essas embarcações,  além de transtornos pode deixar profundas marcas negativas nos turistas que sonharam por esse tão desejado passeio.

As embarcações clandestinas são muito precárias em termo segurança e conforto, colocando em risco a vida dos passageiros, além de não estarem com documentações em dia, principalmente o seguro de vida. Essas  embarcações na sua maioria não tem suporte próprio de socorro, como por exemplo, caso ocorra uma pane, ou a escuna venha a ficar à deriva, o atendimento ficará comprometido em razão da dependência de um colega que possua uma embarcação disponível no momento e, na maioria das vezes, essas se encontram em pior situação.

Abordagem e Aliciamento:
Os clandestinos de passeio às ilhas, costumam se localizar nas redondezas do Mercado Modelo e nas proximidades do terminal Naútico, no comércio, geralmente estão portando um cartaz mal produzido, no intuito de fazer abordagem aos turistas desavisados e até mesmo os passageiros baianos, oferecendo-lhes o transporte ilegal de passageiros para a Baia de todos os Santos a um custo de até R$ 30,00, enquanto que as empresas especialistas nesse tipo de passeio, cobram valores que variam de R$ 60,00 à R$ 120,00 conforme os serviços oferecidos. 

Os condutores:
Geralmente os condutores dessas embarcações estão com documentação vencida junto à Capitania dos Portos, alguns deles até consomem bebidas alcóolicas durante a condução da embarcação, bem como, são despreparados para com o trato com os turistas, como também, não há a bordo, profissionais de turismo (guia turístico) devidamente autorizado e/ou cadastrado pela embratur.

As embarcações:
O serviço de transportes marítimos de passageiros seja para turistas ou usuários comuns, é regido pela Capitania dos Portos (Órgão Federal) e Agerba (Órgão Estadual). As embarcações devem possuir além do tradicional salva-vidas, banheiros, serviços de bordo, rádio-comunicador, capacidade física para acomodação de passageiros de forma confortável e principalmente segura, toda a documentação em dia, inclusive a dos marinheiros e principalmente o de seguro de vida, condições de navegabilidade em perfeito estado de uso, sacos de coleta de lixo, bem como, capacidade física limitada de forma confortável e principalmente segura.

Captania dos Portos:
Segundo um oficial da Captania dos Portos, nos informou por telefone que as embarcações irregulares e ilegais, além do risco de serem multadas e apreendidas durante o passeio, sempre apresentam problemas técnicos e de segurança. Informou também que dificilmente esses marinheiros têm treinamento para transportar passageiros. Sendo assim, além de não embarcarem nessa canoa furada, os passageiros devem denunciar esse tipo de transporte pelo telefone da 'Capitania dos Portos de Salvador' +55-71-3507-3777 e/ou 'Agerba' +55-71-3115-4887.

Recomendações do Portal Visite o Brasil
Para marinheiros de primeira viagem, sugerimos que, ao se decidir em realizar esse passeio não deixe para comprar sua passagem em cima da hora, nem tão pouco adquirir em mãos dessas pessoas que ficam próximos ao local do embarque, pois, além de estar embarcando num barco clandestino, corre o risco de ser assaltado por meliantes que ficam observando tal movimento no meio de transeuntes.

Para sua tranqüilidade é bom adquirir sua passagem pela internet através dos sites de empresas idôneas e especialistas no ramo, bem como, deve-se acessar as Fanpages (Facebook) dos mesmos, onde são encontradas referências e principalmente qualificações dadas por quem já utilizou esse tipo de serviço daquela determinada empresa.

Mesmo em tempo de crise, vale salientar que, para esse tipo de passeio, não deve-se decidir por questão tão somente de preço, mas, principalmente, pela qualidade do serviço e inquestionavelmente pela segurança, pois a vida está em primeiro lugar.

Outro fator importante para a aquisição de sua passagem com antecedência, é a questão da comodidade, pela qual, além de garantir sua vaga, evita transtorno e se livra do estresse no momento do embarque, bem como, evita o risco de um embarcar e outro não, em virtude da capacidade física da escuna ser extremamente limitada, sendo inadmissível super-lotação, pois, a prioridade de embarque é para os já reservados antecipadamente, ficando os de última hora, submissos ao risco de voltar prá casa ou hotel, como também, o incômodo de ser abordado pelos clandestinos.

Listamos abaixo algumas empresas, as quais  recomendamos, sem nenhuma hesitação:

Central de Escunas
Telefone: +55-71-3492-9315 / 99639-3982
Site: www.centraldeescunas.com.br
Fanpage: https://www.facebook.com/CentraldeEscunas

Privetur
Telefone: +55-71- 71 3205-1400
Site: www.privetur.com.br
Fanpage: https://www.facebook.com/privetur.ba

Pode-se adquirir também através de diversas agências de turismo, contudo, com um preço além do que é cobrado nas empresas mencionadas acima, mas justifica-se em razão do comissionamento pelo serviço, e daí, o que importa é a sua segurança, qualidade e seu conforto na prestação do serviço adquirido. 

Ramon Andrade

Por: Ramon Andrade
Salvador / BA
Diretor Geral do Visite o Brasil.
VER TODAS NOTICÍAS
NOTICÍAS
Publicidade