Embratur apresenta propostas para fortalecer o turismo

 30/08/2017  |  Postado por: Ramon Andrade
Vista aérea Cristo Redentor - Foto: Rafael Rabello de Barros
Vista aérea Cristo Redentor - Foto: Rafael Rabello de Barros

No Brasil, um a cada três turistas estrangeiros visitam o Rio de Janeiro, e deixam na cidade R$3,5 bi. De acordo com a Secretaria de Turismo do Estado, cerca de 200 mil empregos diretos e 600 mil indiretos.

O presidente da Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo), Vinicius Lummertz, lança nesta quinta-feira (31) o programa 'Mais Rio, Mais Brasil', que prevê a priorização de ações voltadas para o Rio de Janeiro em todas as ferramentas de promoção e apoio à comercialização organizadas pelo Instituto.

As medidas visam amenizar o impacto da repercussão negativa que a imagem do Rio de Janeiro (RJ), principal portão de entrada do turismo internacional, vem sofrendo por conta da violência urbana e do momento econômico difícil da cidade e do estado. O presidente detalha a proposta durante o seminário “Reage, Rio!”, promovido pelos jornais O GLOBO e Extra.

“O Rio atravessa uma fase difícil. Uma realidade que se revela nas páginas dos jornais e nos sites de notícias do Brasil e do mundo. São momentos como estes que devemos unir forças – governo, sociedade civil e iniciativa privada – para redesenhar o futuro. O turismo é a saída que o Rio de Janeiro tem de sustentabilidade econômica para se reerguer”, destaca o presidente da Embratur.

No Brasil, um a cada três turistas estrangeiros visitam o Rio de Janeiro, e deixam na cidade R$3,5 bi. De acordo com a Secretaria de Turismo do Estado, cerca de 200 mil empregos diretos e 600 mil indiretos são ligados ao setor. “O estado investiu R$ 30 bilhões para sediar os grandes eventos dos últimos anos na capital. O Rio está preparado para ser a sede da mudança do panorama do turismo no País”, afirma Lummertz.

Por: Ramon Andrade
Salvador / BA
Diretor Geral do Visite o Brasil.
TAGS:  ,  
VER TODAS NOTICÍAS
NOTICÍAS
Publicidade