Cavernas

Sitio Arqueologico do Amapá - Foto: Emilio Goeldi
Sitio Arqueologico do Amapá - Foto: Emilio Goeldi

Principais Cavernas no Amapá:

Cavernas em Cunani
Um dos lugares do estado que guardam a maior riqueza arqueológica e ambiental no município de Calçoene, estão sendo ameaçadas por exploração de brita. As cavernas onde foram encontradas urnas funerárias indígenas no distrito de Cunani estão sendo constantemente visitadas por aeronaves tipo helicóptero que quase que semanalmente estão pousando nas áreas das cavernas onde existem montanhas rochosas de tamanho colossal. A denuncia é do guarda-parque do sitio arqueológico, Sr. Lailson Camelo da Silva, conhecido popularmente como “Garrafinha”.

Sitio Arqueológico:

Grandes blocos de pedras alinhadas, fincadas no solo, formando um círculo. A descrição parece a de Stonehenge, na Inglaterra, mas não é. Trata-se dos chamados megalíticos – grandes pedras – do Amapá, sítios arqueológicos construídos por povos amazônicos que ocupavam a região pelo menos desde o início da era cristã.

O zoólogo suíço Emílio Goeldi (1859-1917) organizou, em 1895, uma das primeiras expedições científicas feitas na região, enviada pelo Museu Paraense. Tendo o tenente-coronel Aureliano Pinto de Lima Guedes (1848-1912) como responsável pelo serviço arqueológico, a empreitada encontrou um sítio que ainda hoje desperta o fascínio de pesquisadores.

A expedição de Goeldi percorreu o Rio Cunani, no norte do atual estado: uma região costeira, de terras baixas e alagáveis, permeada por uma intrincada rede de rios e igarapés. Entre as peças coletadas pela equipe havia várias vasilhas cerâmicas inteiras. A delicadeza das pinturas e dos motivos modelados e a originalidade das formas fizeram com que Goeldi afirmasse que aqueles eram alguns dos “melhores produtos cerâmicos conhecidos dos indígenas da região amazônica” – uma cerâmica chamada pelos arqueólogos de “Aristé”.

 Veja também
Os aspectos naturais do Amapá, são todos os elementos da natureza formados a milhões de anos que, para atingir a atual configuração, passou por uma série de evoluções em todos componentes, essas...Saiba mais
A bacia hidrográfica formada pelos rios Araguari e Amapari é a mais importante do estado, tanto pela sua contribuição na geração de energia, como pela aproximação do rio Amazonas. Também merecem...Saiba mais
Cerca de 39% da bacia hidrográfica do Estado faz parte da bacia do Amazonas. A rede hidrográfica do Amapá é formada por rios que desempenham um grande papel econômico na região desde a atividade...Saiba mais
Destinos Amapa
Publicidade