Cabaçais do Carirí

Cabaçais do Carirí - Foto: Secretaria de Cultura de Barbalha
Cabaçais do Carirí - Foto: Secretaria de Cultura de Barbalha

O nome cabaçal é pejorativo, em virtude de a caixa, o zabumba e os pífaros – seus instrumentos básicos – fazerem um ruído semelhante a muitas cabaças secas entrechocando-se. São dança e música, de ritmo forte, tanto que os cabaçais eram também chamados de “esquenta mulher”, porque, à sua chegada ou passagem, o mulheril se afogueava.

Cabaçais do Carirí - Foto: Secretaria de Cultura de Barbalha
Cabaçais do Carirí - Foto: Secretaria de Cultura de Barbalha
 Veja também
São encenações dos dramas litúrgicos, popularizados, das festas natalinas. Processam-se com vários atos, chamados -jornadas-, começando com a presença do anjo anunciando a concepção de Maria. Aparece a Estrela-Guia, com a...Saiba mais
Dança-cordão de origem portuguesa, introduzida no Brasil durante o ciclo da cana-de-açúcar, No Ceará começou a ser conhecida no início do presente século, nas praias de Aracati e passou a ser comum nas colônias de pescadores, estendendo-se...Saiba mais
Dançam todos em roda, com os cacetes que portam, batem-nos fortemente no chão, de forma ritmada. De quando em vez, enquanto uns depõem os cacetes no chão, outros usam...Saiba mais
Destinos Ceará
Publicidade