Cabaçais do Carirí

Cabaçais do Carirí - Foto: Secretaria de Cultura de Barbalha
Cabaçais do Carirí - Foto: Secretaria de Cultura de Barbalha

O nome cabaçal é pejorativo, em virtude de a caixa, o zabumba e os pífaros – seus instrumentos básicos – fazerem um ruído semelhante a muitas cabaças secas entrechocando-se. São dança e música, de ritmo forte, tanto que os cabaçais eram também chamados de “esquenta mulher”, porque, à sua chegada ou passagem, o mulheril se afogueava.

Cabaçais do Carirí - Foto: Secretaria de Cultura de Barbalha
Cabaçais do Carirí - Foto: Secretaria de Cultura de Barbalha
 Veja também
Dança da tribo dos Tremembés e seus descendentes, os caboclos de Lagoa Seca (Almofala) – Acaraú. É feita no período da colheita do caju, quando eles fazem o... Saiba mais
É apresentado ao som de caixas, pandeiros, ganzás, íngonos, numa batida contagiante. Homens e mulheres reunem-se em roda, com um solista... no centro, fazendo passos ritmadosSaiba mais
A xilogravura, como imagem ilustrativa de folhetos de cordel, tem traços firmes e identitários da cultura nordestina, e é facilmente vinculada com o público popular. O trabalho em capas de folhetos de cordel mapeia a história da xilografia popular...Saiba mais
Destinos Ceará
Publicidade