Torém

Digital Mundo Miraira
Digital Mundo Miraira

É dança que Almofala (Acaraú), nos legou, como uma herança dos índios tremembés, que habitavam a região. Ao sabor do mocororó – aguardente do cajú – cerca de 20 caboclos (homens e mulheres) iniciam a dança ao ritmo do “aguaim”, espécie de maracá, empunhado pela figura do “chefe”.

Dança da tribo dos Tremembés e seus descendentes, os caboclos de Lagoa Seca (Almofala) – Acaraú. É feita no período da colheita do caju, quando eles fazem o Mocororó (bebida fermentada desta fruta) e servem durante a manifestação. Na dança são visíveis os movimentos de bichos da fauna local e seu ritmo básico é o xote.

 Veja também
A Igreja Matriz de Parangaba, distrito de Fortaleza, construída no início do século XIX, ainda hoje cuida por realizar, próximo a comemoração do Natal, a festa da “Chegada dos caboclos”. Trata-se de uma peregrinação, durante a qual esmolas são pedidas...Saiba mais
A rigor é um folclore pernambucano, que lá, realmente, é forte a dosagem africana na sua etnografia e cultura. No Ceará, em verdade, é uma tradição carnavalesca. Nos triduos mominos, em Fortaleza, há 60 anos os maracatus desfilam no corso, empolgando...Saiba mais
Tem como figura central, evidentemente, o boi. Representa-o um arcabouço de madeira coberto de pano ordinário e colorido, com uma pessoas recurvada dentro e que, no desenrolar do drama pula, dança e berra. Quase todos os municípios cearenses o encenam...Saiba mais
Destinos Ceará
Publicidade